Notícias

09.03.2018 - 13:10

Programa Selo Escola Verde é encaminhado como indicação ao Executivo

Foi apresentado ao secretário municipal de educação e Cultura do município de Carazinho, Lucas Gabriel Lopes, um ante projeto de autoria da vereadora Janete Ross de Oliveira, o qual propor a criação do Programa “Selo Escola Verde” na rede municipal de ensino. A proposta consiste na certificação ambiental para escolas do Município que desenvolverem projetos e ações para educação ambiental e uso sustentável dos recursos naturais.


Durante o encontro da vereadora com o secretário, Janete explicou que no projeto está previsto a implantação, funcionamento e controle de atividades através de um comitê que definirá as escolas merecedoras do selo a cada dois anos. Já a entrega dos certificados ambientais e de presença de todas as escolas, instituições públicas ou privadas, envolvidas no programa, deverá ocorrer na semana do dia 5 de junho, data que contempla a Semana do Meio Ambiente.


O secretário Lucas Lopes se mostrou bastante interessado na proposta que, segundo ele, vem de encontro ao Projeto Escolas Sustentáveis que é realizado desde 2017 com a parceria do Ministério Público Estadual do Rio Grande do Sul, Promotoria Especializada de Carazinho, Secretaria Municipal de Educação e Universidade Livre de Proteção à Biodiversidade – UniBio. Ele tem o objetivo de fortalecer o hábito e o comportamento sustentável nas escolas, família e no meio circundante, proporcionando mudanças de comportamento e promoção de atitudes e práticas sustentáveis entre a comunidade escolar.


Diante disso, o secretário falou da possibilidade de englobar os dois programas, visando melhorar os indicadores de sustentabilidade da escola como o consumo de água e energia, diminuição de resíduos sólidos e biodiversidade, entre outros, pois o Selo Escola Verde serviria de incentivo ainda maior para professores e alunos, no desenvolvimento dos projetos voltados à sustentabilidade.