Notícias

Vereadores rejeitam contas do ex-prefeito Aylton Magalhães

4 semanas atrás

Os vereadores de Carazinho rejeitaram na noite desta segunda-feira, dia 27, as contas de 2011 do ex-prefeito Aylton Magalhães. O projeto de decreto nº 05/19 de autoria da Comissão de Justiça e Finanças (CJF), também discorria sobre as contas do vice-prefeito Alexandre Moacir Capitânio, atualmente vereador, e de Sandra Verônica de Maia Citolin, durante período em que esta esteve à frente da Prefeitura Municipal. O documento sugeria a aprovação das contas de Capitânio enquanto que considerou prejudicada a votação das contas de Sandra, devido a seu falecimento em 2018.

Os vereadores da comissão seguiram os pareceres do Tribunal Pleno do Tribunal de Contas e do Ministério Público de Contas do Rio Grande do Sul que já indicava esta posição. Eles ainda entenderam que a defesa escrita do senhor Aylton Magalhães enviada até a CJF não apresentou fundamentos aptos a ensejar a aprovação de suas contas. Um documento parecido foi enviado para ser lido pelo plenário. No documento Magalhães disse entender que esse processo já prescreveu, uma vez que este já passou muitos anos, e citou ainda investimentos feitos em seu mandato nos mais diversos setores, obras e implantação de empresas. Estas ações, em sua visão, trouxeram desenvolvimento ao município e que beneficiam a comunidade até hoje. Mesmo assim os vereadores mantiveram o parecer da comissão.

Em virtude desta análise que envolvia o vereador Alexandre Capitânio, o suplente, Marcio Senger Rosemberg, assumiu seu lugar. A sessão ainda teve que ser interrompida por problemas na sonorização do plenário e será reiniciada na próxima segunda-feira. Logo após o encerramento da mesma, se iniciará a sessão normal de segunda-feira.

FOTOS

O seu navegador está desatualizado!

Atualize o seu navegador para ter uma melhor experiência e visualização deste site. Atualize o seu navegador agora

×