NOTÍCIAS

13 . 03 . 2018 - 16 : 40

Câmara terá sessão ordinária nesta quarta-feira

 A Câmara de Vereadores de Carazinho votará na quarta-feira (14), às 17 horas, o projeto de Lei Complementar 002/18, de autoria do Executivo, o qual autoriza que as empresas localizados às margens das rodovias federais (BRs) possam optar em trabalhar nos mais diversos horários, como exemplo, aos domingos e feriados, abrindo  os estabelecimentos comerciais, sem ferir legislação e sem ser prejudicial aos estabelecimentos localizados dentro da cidade.

Cabe destacar que a proposta inicial sofreu alteração, pois previa a abertura de estabelecimentos nas rodovias federais e estaduais, sendo esta segunda excluída pelo autor do projeto.

 Será votada também uma emenda de autoria do vereador Ivomar de Andrade, Tomate, a qual inclui o parágrafo único, com a seguinte redação “salvo mediante negociação através de Convenção Coletiva, acordo coletivo de trabalho, entre sindicatos laborais e patronais, sindicatos laborais e empresas”.

Já a emenda que ampliava a abertura de todo o comércio localizado no município, foi retirado pelos autores.

Este deverá ser o primeiro projeto a ser votado, por estar em regime de urgência e com o período para apreciação já expirado. Caso o projeto não seja votado, a pauta segue trancada sem votação de projetos.

Além deste projeto, estão na pauta da sessão ordinária outros cinco projetos, que estavam previsto na reunião da última segunda-feira e não puderam ser apreciados. Entre ele está o PL 021, o qual cria vaga para o cargo de Enfermeiro de ESF e deve-se em virtude da necessidade de nomeação do próximo colocado no Concurso Público nº 001/15, visto que uma profissional do Processo Seletivo de Enfermeiro de ESF irá se desligar nos próximos dias. Cabe destacar sobre a obrigação de nomeação do novo servidor antes do dia 21 de março do corrente, que é a data de expiração do Concurso Público nº 001/15, sendo que a ESF não tem como ficar sem esse responsável técnico.

O PL 022, também na pauta da sessão, autoriza abertura de crédito especial no orçamento de 2018 no valor de R$ 24 mil, visando à manutenção do convênio com a Susepe, a previsão para adquirir equipamentos de monitoramento de alarme para o Centro de Castrações e as despesas indenizatórias para a Secretaria de Saúde.

Está na pauta também o PL 026, o qual autoriza a concessão de direito real de uso de lotes destinados ao reassentamento de famílias na Vila Fey e visa atender decisão judicial constante no Processo nº 009/1.13.0003059-5, que determina o ato a cinco famílias em situação de risco que residem na “Sanga da São João”. Ainda conforme decisão, o município deverá efetuar o licenciamento e apresentar projeto básico de construção das 5 habitações, com fornecimento de material no valor de R$ 10.000,00 por habitação.

Já o PL 027, denomina a Unidade de Pronto Atendimento - UPA Armindo Francisco Capitânio, que visa prestar homenagem a esta pessoa, nascido em 19/09/1939 e que faleceu jovem, aos 39 anos de idade. De acordo com o projeto, “na esfera empresarial foi um dos fundadores da Empresa Glória, sendo gerente da empresa até seu falecimento. Neste período a empresa se solidificou, transportou a população carazinhense e gerou inúmeros empregos diretos”.

Além disso, cita sua história na cultura, onde “foi peão de danças do CTG Rincão Serrano e membro do conselho por diversas patronagens, também foi patrão do CTG Pedro Vargas por duas oportunidades”. Já na educação, “foi presidente da Escola Municipal João XXIII, dedicando tempo e recurso ao estabelecimento de ensino, mesmo não tendo nenhum filho estudando na escola, deixando um legado de grandes amigos e algumas obras que podem ser relatadas”.

Consta também na pauta, o projeto de lei complementar 011, que dá nova redação ao caput e revoga o inciso I do Art. 122, ambos da lei Complementar nº 110/2006. Neste o Executivo defende que há divergência que vem acarretando dúvidas, dando margem a interpretações diversas da lei, “causando assim constrangimento no atendimento aos contribuintes que desejam efetuar o pagamento do tributo, além de não garantir o pagamento do mesmo”, cita no projeto.

Por fim, irá à votação os dois relatórios de execução orçamentária do Legislativo referentes aos meses de dezembro de 2017 e janeiro de 2018.

Subsídio

Cabe esclarecer à comunidade local que a convocação dos vereadores para esta sessão não dá nenhum tipo de acréscimo salarial ao vereador, porém, em caso de falta não justificada ele tem um dia de trabalho descontado na folha.

Autor: Assessoria de Comunicação

Notícias

19.06.2018 - 14:15
Vereadores aprovam todos os projetos votados na casa

Os vereadores aprovaram nesta segunda-feira, 18, seis projetos de lei que tramitavam na casa legislativa. Dentre eles, a pedido do Executivo Municipal, o Projeto de Lei Complementar 006/18, incluído

14.06.2018 - 16:30
Reunião da Superintendência Regional do Planalto da Corsan é realizado na Câmara de Vereadores.

Aconteceu nesta quinta-feira, 14, na Câmara Municipal, a 29ª Reunião da Superintendência Regional do Planalto (SURPLA) da Companhia Riograndense de Saneamento (CORSAN). O evento,

12.06.2018 - 14:00
Projetos sobre remuneração dos membros da JARI e Estacionamento Rotativo Pago aprovados na Câmara.

Os vereadores aprovaram nesta segunda-feira, 11, durante sessão ordinária, os dois Projetos de Lei que estavam em votação.   Projeto 009/18 – Remuneração

07.06.2018 - 10:00
Comunidade terá 15 dias para apresentar emendas ao projeto do Plano Diretor.

Tramita na Câmara Municipal de Vereadores o Projeto de Lei Complementar nº005/18, do Executivo Municipal, que traz alterações ao Plano Diretor. Conforme necessidades percebidas

Em pauta

Sessão Ordinária nº 351 (25/06/2018 - 18:00)

CONVOCO os senhores vereadores para uma Reunião ORDINÁRIA, a ser realizada dia 25 de junho, SEGUNDA-FEIRA, com início previsto para as 18 horas.