LEIS MUNICIPAIS

Selecione os filtros abaixo para buscar as leis

Lei Municipal Nº 1664

LEI MUNICIPAL Nº 1664 Autoriza o Município a constituir a Sociedade Mista " CENTRAIS ELÉTRICAS DE CARAZINHO S.A " Eletrocar, e dá outras providências. ERNESTO G. KELLER FILHO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO. FAÇO SABER, que o Poder Legislativo aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º - Fica i Município autorizado a constituir uma sociedade de Economia Mista, sob a denominaçpØo de CENTRAIS ELÉTRICAS DE CARAZINHO S.A - "ELETROCAR" com sede na cidade e na forma do decreto Lei nº 2.627, de 26 de setembro de 1940. Art. 2º - O objeto da sociedade será projetar, construir e explorar sistemas de produçpAo transmisspAo e distribuiçpAo de energia elétrica bem como a aceleraçpÛo de atos de comércio decorrentes desta cidade. Art. 3º - Para a formaçpo do capital social transfere-se à sociedade o complexo de bem e instalaçp©o do setor de energia elétrica incorporados à Autarquia Municipal serviços Carazinhenses de Energia Elétrica e Industriais mediante tombamento físico e contábil a ser procedido na forma da Lei. Parágrafo +nico - A referida autarquia continuará operando sob a denominaçp¯o de SERVIÇOS INDUSTRIAIS DO MUNICμPIO DE CARAZINHO nas atividades renascentes. Art. 4º - O Prefeito Municipal designará, em portaria o representante do Município noa atos constituídos da sociedade. Art. 5º - Os atos constituídos serpo procedidos: I - De rolamento com as especificações convenientes dos bons direitos e ações que o município destina à integralizaçpÍo de seu capital. II - Da elaboraçpˇo de seus estatutos sua publicaçpˇo para conhecimentos gerais. III - Da aprovaçpno pelo conselho de Água e de Energia Elétrica de ELETROBRAS,dos projetos dos estatutos da sociedade e da avaliaçp×o dos bens direitos arrolados para constituírem o capital do Município. Art. 6º - Nos estatutos da sociedade serp@o observadas, em tudo que lhes forem aplicáveis, as normas da Lei de sociedade por ações e da legislaçp©o especial, sobre água e energia elétrica, e sobre faixa na fronteira. Art. 7º - O Município de Carazinho manterá obrigatoriamente no capital social, quantia que lhe assegure a posse de, no mínimo 51% do capital votante. § 1º - O Município np³o poderá alienar ou vincular por qualquer forma as ações de sua propriedade representativa do capital votante por ele subscrito. § 2º - Os usuários do serviço de eletricidade da sociedade, poderp o participar do capital votante até o máximo de trinta por cento ( 30% ) que serpto integralizados com a bonificaçpÝo de 5% sobre o seu consumo anual, creditados em conta especial pela sociedade. § 3º - O capital votante que remanescer só poderá ser subscrito por pessoas jurídicas de direito público interno ou sociedades de economia mista, em que predominar o capital público, como estabelecimentos bancários oficiais, a companhia Estadual de energia Elétrica em formaçp[o, e CENTRAIS ELÉTRICAS BRASILEIRAS S.A. - ELETROBRAS. § 4º - Os usuário dos serviços de eletricidade da sociedade, poderp,o integralizar também suas ações em dinheiro na 1 Create PDF with GO2PDF for free, if you wish to remove this line, click here to buy Virtual PDF Printer forma que os estatutos estabelecerem. § 5º - O valor pago sobre o consumo mensal de 5% poderá ser anualmente distribuído em forma de debentures aos consumidores, afim de que aqueles que desejarem ou estejam impedidos por Lei de transformá-los em ações, possam negociá-los com terceiros. Art. 8º - Revogam-se as disposições em contrário esta Lei entrará em vigor na data de sua assinatura. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO EM 07 DE FEVEREIRO DE 1964. a)ERNESTO G. KELLER FILHO Prefeito Municipal a)JOSÉ MOISÉS MARCONDES Secretário 2 Create PDF with GO2PDF for free, if you wish to remove this line, click here to buy Virtual PDF Printer

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

29 . 04 . 2006

DATA DE APROVAÇÃO

07 . 02 . 1964


Lei Municipal Nº 1663

LEI MUNICIPAL Nº 1663. Prorroga a anistia geral de multas dos impostos municipais. ERNESTO GUILHERME KELLER FILHO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO. FAÇO SABER, que o Poder Legislativo aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º - Fica o Poder Executivo autorizado a prorrogar a anistia geral de multas devidas por atrasos de impostos até 29 de fevereiro de 1964, constante da Lei Municipal nº 1.639/63. Art. 2º - Sp o revogadas as disposições em contrário. Art. 3º - esta Lei entrará em vigor na data de sua assinatura. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO EM 07 DE FEVEREIRO DE 1964. a)ERNESTO GUILHERME KELLER FILHO Prefeito Municipal A)JOSÉ MOISÉS MARCONDES Secretário 1 Create PDF with GO2PDF for free, if you wish to remove this line, click here to buy Virtual PDF Printer

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

29 . 04 . 2006

DATA DE APROVAÇÃO

07 . 02 . 1964


Lei Municipal Nº 1662

LEI MUNICIPAL Nº 1662 Autoriza a doação da pedra britada pela Autarquia Municipal. ERNESTO GUILHERME KELLER FILHO PREFEITO MUNICIPAL. FAÇO SABER, que o Poder Legislativo aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º - Fica o Poder executivo autorizado a doar ao Patronato Santo Antonio desta cidade 05m de pedra britada nº 2 para fins de construção. Art. 2º - Revogadas as disposições ao contrário esta Lei entrará em vigor na data de sua assinatura. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO EM 03 DE FEVEREIRO DE 1964. a)ERNESTO GUILHERME KELLER FILHO Prefeito Municipal 1 Create PDF with GO2PDF for free, if you wish to remove this line, click here to buy Virtual PDF Printer

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

29 . 04 . 2006

DATA DE APROVAÇÃO

03 . 02 . 1964


Lei Municipal Nº 1459

LEI MUNICIPAL Nº 1459 Autoriza o Executivo a contrair um empréstimo até o montante de CR$ 15.400.000,00 e a consolidar empréstimo contraído anteriormente ERNESTO JOSÉ ANNONI, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO. Faço saber, em cumprimento ao disposto no art. 50, inciso II da Lei Orgânica do Município, que a Câmara de Vereadores aprovou e eu sanciono e promulgo a seguinte Lei: Art. 1º - É o Município autorizado a contrair, com a Caixa Econômica Federal do Rio Grande do Sul, um empréstimo até a quantia de CR$ 15.400.000,00 (quinze milhões e quatrocentos mil cruzeiros). Art. 2º - O empréstimo vencerá juros anuais de doze por cento (12%) e será resgatado no prazo máximo de cinco anos, mediante o pagamento de prestações mensais, calculadas pela tabela Prince. Art. 3º - Para garantia do mútuo, o Município, mediante a procuraçpào em causa própria, e com poderes irrevogáveis, fará cesspzo à Caixa Econômica Federal do Rio Grande do Sul, até o "quantum" necessário das quotas previstas no parágrafo 4º do art. 15 e no art. 20 da Constituiçp¯o Federal (Imposto sobre a Renda e Contribuições do Estado). Art. 4º - O Município consignará no Orçamento, a partir de 1962, a verba para atender ao necessário serviço de juros e amortizaçpo ao empréstimo autorizado pelo art. 1º. Art. 5º - O produto do empréstimo de que trata esta Lei, terá a seguinte aplicaçp™o. a) ConsolidaçpÍo do empréstimo contraído anteriormente com a Caixa Econômica Federal do Estado do Rio Grande do Sul, CR$ 3.400.000,00. b) Rede de distribuiçpno de energia elétrica da cidade de Carazinho, CR$ 12.000.000,00. Art. 6º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicaçp o, revogadas as disposições em contrário. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, 5 de junho de 1961. a)ERNESTO JOSÉ ANNONI Prefeito Municipal a)Lourival Vargas Secretário

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

27 . 04 . 2006

DATA DE APROVAÇÃO

05 . 06 . 1961


Lei Municipal Nº 1457

LEI MUNICIPAL Nº 1457 Abre um Crédito Especial de CR$ 60.000,00 (sessenta mil cruzeiros) para pagar a ASCAR. ERNESTO JOSÉ ANNONI, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO. Faço saber que o Poder Legislativo aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º - Fica o Poder Executivo autorizado a abrir um Crédito Especial de CR$ 60.000,00 (sessenta mil cruzeiros), para pagamento à AssociaçpØo Sulina de Crédito e Assistência Rural, correspondente à anuidade de 1959, que npro foi paga e nem registrada em restos à pagar. Art. 2º - Servirá de recurso parte do saldo do exercício anterior, até o limite do crédito autorizado pelo artigo primeiro desta Lei. Art. 3º - Revogam-se as disposições em contrário. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, 28 de maio de 1961. a)ERNESTO JOSÉ ANNONI Prefeito Municipal a)Lourival Vargas Secretário

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

27 . 04 . 2006

DATA DE APROVAÇÃO

28 . 05 . 1961


Lei Municipal Nº 1456

LEI MUNICIPAL Nº 1456 Autoriza a venda de uma casa com respectivo terreno, na cidade de Np8o Me Toque. ERNESTO JOSÉ ANNONI, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO. Faço saber que o Poder Legislativo aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º - Fica o Poder Executivo autorizado acender ao Sr. Bertillo André Krabbe, uma casa de madeira com respectivo terreno, na cidade de NpØo me Toque, e que era ocupada pelo encarregado dos Serviços Industriais naquele Município, até a transferência para a CEEE dos serviços de energia elétrica. Art. 2º - O preço será de CR$ 210.000,00 (duzentos e dez mil cruzeiros), de cuja importância o comprador deverá pagar a entrada mínima de CR$ 100.000,00 (cem mil cruzeiros) e o restante parcelado em prazos até o máximo de um ano, ocorrendo desse saldo de CR$ 110.000,00 os juros a razpo de um por cento ao mês. Art. 3º - Todas as despesas deverpDo correr por conta do comprador. Art. 4º - Revogam-se as disposições em contrário. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO,em 28 de maio de 1961. a)ERNESTO JOSÉ ANNONI Prefeito Municipal a)Lourival Vargas Secretário

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

27 . 04 . 2006

DATA DE APROVAÇÃO

28 . 05 . 1961


Lei Municipal Nº 1455

LEI MUNICIPAL Nº 1455 Abre um Crédito Especial de CR$ 20.492,70 para pagamento de diferença de gratificaçp8o adicional. ERNESTO JOSÉ ANNONI, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO Faço saber que o Poder Legislativo aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º - Fica o Poder Executivo autorizado a abrir um Crédito Especial de CR$ 20.492,70 para pagamento de diferença de gratificaçpØo adicional por tempo de serviço, ao funcionário aposentado Sr. Graciano de Souza Leal. Art. 2º - Servirá de recurso para a cobertura do crédito autorizado pelo artigo anterior, parte do saldo do Exercício de 1960. Art. 3º - Revogam-se as disposições em contrário. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, em 28 de maio de 1961. a)ERNESTO JOSÉ ANNONI Prefeito Municipal a)Lourival Vargas Secretário

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

27 . 04 . 2006

DATA DE APROVAÇÃO

28 . 05 . 1961


Lei Municipal Nº 1454

LEI MUNICIPAL Nº 1454 Concede uma penspžo à viúva Ema Delay, esposa do falecido funcionário Jop8o Olanek. ERNESTO JOSÉ ANNONI, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO. Faço saber que o Poder Legislativo aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º - É concedida uma pensp£o vitalícia, na forma da presente Lei, à viúva Ema Delay,m esposa do falecido funcionário municipal JopØo Olaneck, o qual desempenhou suas funções nesta municipalidade por muitos anos, npro sendo a mesma amparada por Lei para obter pensp o da Caixa de Pensões e Auxílios dos Servidores Municipais. Art. 2º - A referida penspAo será de CR$ 3.000,00 (três mil cruzeiros). Art. 3º - No corrente Exercício é autorizado um Crédito Especial, pela presente Lei, no valor de CR$ 36.000,00 (trinta e seis mil cruzeiros), servindo de recurso o saldo do exercício anterior. Art. 4º - Esta Lei entrará em vigor a partir de 1º de janeiro de 1961, revogadas as disposições em contrário. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, em 28 de maio de 1961. a)ERNESTO JOSÉ ANNONI Prefeito municipal a)Lourival Vargas Secretário

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

27 . 04 . 2006

DATA DE APROVAÇÃO

28 . 05 . 1960


Lei Municipal Nº 1453

LEI MUNICIPAL Nº 1453 Isenta, até 5 hectares da 1ª categoria, os Agricultores, Pecuaristas e Criadores, do Imposto de Indústrias e Profissões e estabelece normas para a isençpmo. ERNESTO JOSÉ ANNONI, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO. Faço saber que o Poder Legislativo aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º - Os Agricultores, Pecuaristas e Criadores, que possuírem apenas até 5 hectares de terras, explorando-as com a sua família, ficarp o isentos do pagamento do imposto de Indústrias e Profissões, a partir de 1º de janeiro de 1962. Art. 2º - Para obter os benefícios desta Lei, é necessário que o proprietário npÛo tenha propriedades em outro Município e que requeira a isençpuo, fazendo provas em declarações que a regulamentaçpo desta Lei julgar necessárias. Art. 3º - O Executivo regulamentará esta Lei no prazo de sessenta dias, contados da data da sua promulgaçpDo. Art. 4º - Esta lei entrará em vigor a partir de 1º de janeiro de 1962, podendo, após a regulamentaçpzo, ser pedida a isençpo prevista. Art. 5º - Revogam-se as disposições em contrário. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, em 25 de maio de 1961. a)ERNESTO JOSÉ ANNONI Prefeito Municipal a)Lourival Vargas Secretário

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

27 . 04 . 2006

DATA DE APROVAÇÃO

25 . 05 . 1961


Lei Municipal Nº 1452

LEI MUNICIPAL Nº 1452 Abre um Crédito Especial de CR$ 517.200,00, para serviços de mobiliário de escolas. ERNESTO JOSÉ ANNONI, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO. Faço saber que o Poder Legislativo aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º - Fica o Poder Executivo autorizado a abrir um Crédito Especial de CR$ 517.200,00 (quinhentos e dezessete mil e duzentos cruzeiros), destinado a aquisiçpØo de mobiliário para 26 prédios escolares, com a seguinte especificaçpro: - 700 classes escolares para um e dois alunos, ao preço médio de CR$ 600,00....................CR$ 420.000,00 - 36 quadros negros a CR$ 300,00..............CR$ 10.800,00 - 36 mesas para professores a CR$ 200,00......CR$ 72.000,00 - 36 cadeiras idem, a CR$ 400,00..............CR$ 14.400,00 TOTAL......................CR$ 517.200,00 Art. 2º - Servirá de recurso para cobertura do crédito autorizado pelo artigo anterior, até o respectivo limite, parte do saldo do Exercício de 1960. Art. 3º - Revogam-se as disposições em contrário. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, em 25 de maio de 1961. a)ERNESTO JOSÉ ANNONI Prefeito Municipal a)Lourival Vargas Secretário

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

27 . 04 . 2006

DATA DE APROVAÇÃO

25 . 05 . 1961


Lei Municipal Nº 1449

LEI MUNICIPAL Nº 1449 INSTITUI CONCURSO PARA ELABORAÇ+žO DO BRAS+žO MUNICIPAL. ERNESTO JOSÉ ANNONI, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO. Faço saber que o Poder Legislativo aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º - Fica instituído oficialmente um concurso para elaboraçp£o e desenho de um Brasp£o Municipal, para Carazinho. Art. 2º - O prazo para a entrega dos trabalhos, será de 30 dias, contados da data da sançpØo da presente Lei. Art. 3º - O tema será de livre escolha dos interessados, devendo, entretanto, obedecer à normas técnicas para escola de Brasões Municipais, bem como, deverp¦o ser entregues em papel vegetal ou a cores, tamanho 22 x 23 em, feitos à tinta nanquim ou pintados. Art. 4º - Deverá o desenho ser acompanhado de um memorial descrevendo os símbolos desenhados. Art. 5º - A Câmara Municipal, encerrado o prazo, estudará as sugestões oferecidas e escolherá uma ou nenhuma. Art. 6º - Npào caberá reclamaçpào por parte dos interessados, após a escolha, sendo permitido ao Legislativo, se assim entender, rejeitar todos os desenhos apresentados ou usar parte deles para o futuro Brasp¯o Municipal. Art. 7º - Mesmo no texto explicativo, poderá o Legislativo efetuar alterações, modificações ou supressões. Art. 8º - Ao autor do desenho escolhido, caberá um prêmio de CR$ 5.000,00 (cinco mil cruzeiros), que será pago pela Municipalidade. Art. 9º - A despesa decorrente da presente Lei, correrá pela arrecadaçpÍo à maior do Imposto de Indústrias e Profissões no corrente Exercício, se houver, ou constará do Orçamento do Exercício de 1962. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, 24 de maio de 1961. a)ERNESTO JOSÉ ANNONI Prefeito Municipal a)Lourival Vargas Secretário

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

27 . 04 . 2006

DATA DE APROVAÇÃO

24 . 05 . 1961


Lei Municipal Nº 1448

LEI MUNICIPAL Nº 1448 Dá denominação a ruas de nossa cidade de Carazinho. ERNESTO JOSÉ ANNONI, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO. Faço saber que o Poder Legislativo aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º - A Rua Miramar, da Vila Winckler, passará a denominar-se RUA JACQUES LOSS, e a Rua atualmente denominada Taquarí, passará a denominar-se RUA RAYMUNDO MARTINS DE QUADROS. Art. 2º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, em 2 de maio de 1961. a)ERNESTO JOSÉ ANNONI Prefeito Municipal a)Lourival Vargas Secretário

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

27 . 04 . 2006

DATA DE APROVAÇÃO

02 . 05 . 1961


Lei Municipal Nº 1446

LEI MUNICIPAL Nº 1446 Autoriza o Executivo a abrir Créditos Especiais até o limite de CR$ 1.310.498,10. ERNESTO JOSÉ ANNONI, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO. Faço saber que o Poder Legislativo aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º - Fica o Poder Executivo autorizado a abrir Créditos Especiais das seguintes importâncias: CR$ 1.150.498,10, para aquisiçpØo de um caminhpØo com caçamba; CR$ 40.000,00 para material de exp.e desp.do SEDEP; CR$ 30.000,00 para desp.da Junta Alistamento Militar; CR$ 20.000,00 idem, da Junta Conciliaçp¦o e Julgamento; CR$ 10.000,00, idem, do Juizado de Menores de Carazinho; CR$ 1.310.498,10 - TOTAL. Art. 2º - Servirá de recurso para a cobertura dos créditos autorizados no artigo anterior, a arrecadaçpo à maior, já assegurada na quota prevista no art. 20 da Constituiçp©o Federal. Art. 3º - Revogam-se as disposições em contrário. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHo, em 2 de maio de 1961. a)ERNESTO JOSÉ ANNONI Prefeito Municipal a)Lourival Vargas Secretário

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

27 . 04 . 2006

DATA DE APROVAÇÃO

02 . 05 . 1961


Lei Municipal Nº 1445

LEI MUNICIPAL Nº 1445 Isenta do Imposto de Licença as carroças pertencentes à agricultores e pecuaristas. ERNESTO JOSÉ ANNONI, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO. Faço saber que o Poder Legislativo aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º - Ficam isentas do Imposto de Licença as carroças pertencentes aos Agricultores e Pecuaristas, bem como, qualquer outro veículo de traçpro animal, quando utilizados, exclusivamente, nos serviços da lavoura e da pecuária. Art. 2º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicaçpAo, revogadas as disposições em contrário. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, em 26 de abril de 1961. a)ERNESTO JOSÉ ANNONI Prefeito Municipal a)Lourival Vargas Secretário

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

27 . 04 . 2006

DATA DE APROVAÇÃO

26 . 04 . 1961


Lei Municipal Nº 1444

LEI MUNICIPAL Nº 1444 Declara de Utilidade Pública a Sociedade Carazinhense de Auxílio aos Necessitados. ERNESTO JOSÉ ANNONI, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO. Faço saber que o Poder Legislativo aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º - É declarada de Utilidade Pública, para os fins previstos em Lei, a entidade " Sociedade Carazinhense de Auxílio aos Necessitados", com sede nesta cidade, tendo em vista os relevantes serviços prestados à comunidade. Art. 2º - Revogam-se as disposições em contrário. Art. 3º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicaçpAo. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, em 26 de abril de 1961. a)ERNESTO JOSÉ ANNONI Prefeito Municipal a)Lourival Vargas Secretário

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

27 . 04 . 2006

DATA DE APROVAÇÃO

26 . 04 . 1961


MAIS LEIS

Notícias

14.12.2018 - 09:23
Duas sessões ordinárias na segunda-feira

Serão realizadas nesta segunda-feira, 17, duas sessões ordinárias, sendo uma para apreciação de oito projetos de lei e a outra para a eleição da mesa diretora

10.12.2018 - 22:05
Sessão extraordinária aprova Lei Orçamentária Anual para 2019

Em convocação do Presidente da Câmara de Vereadores Márcio Hoppen, seguida da sessão ordinária, foi realizada a sessão extraordinária com a apreciação

10.12.2018 - 21:45
Vereadores aprovam 18 projetos de lei

A sessão ordinária desta segunda-feira, 10, contou com a apreciação de 18 projetos de lei e um veto total ao PLL 099/18. Passando para a ordem do dia, o vereador Daniel Weber

07.12.2018 - 11:52
Comissão de Ordem Econômica e Social discute projetos com Secretário da Fazenda e Associação Médica

  Com o objetivo de dialogar sobre alguns projetos que estão em tramitação na Câmara de Vereadores, a Comissão de Ordem Econômica e Social, composta pelos

Em pauta

Sessão Ordinária nº 378 (17/12/2018 - 18:00)

CONVOCO os senhores vereadores para uma Reunião ORDINÁRIA, a ser realizada dia 17 de dezembro, SEGUNDA-FEIRA, com início previsto para as 18 horas.

Projeto de Lei 078/18 de autoria do Executivo Municipal o qual Altera denominação de Secretaria Municipal e atribuições de Cargo em Comissão e Função Gratificada; Projeto de lei 083/18 de autoria do Executivo Municipal o qual Institui turno único no serviço público municipal; Projeto de Lei 094/18 de autoria do Executivo Municipal o qual Dá nova redação ao Art. 2º da Lei Municipal nº 8.282/17; PLL 112/18 de autoria do Vereador Gilson Haubert, o qual Concede o Título de Destaque Jornalístico ao Sr. Marcelo Fripp; PLL 113/18 de autoria do Vereador Fábio Zanetti, o qual Concede o Título de Cidadã Emérita de Carazinho à Sra. Lisandra Sandri; PL 115/18 de autoria do Vereador João Pedro Albuquerque de Azevedo, o qual Concede o título de “Eleitor Presente” ao Sr. Rodrigo Marques Castanha; Projeto de Decreto 014/18 de autoria da Vereadora Janete Ross de Oliveira, o qual Concede o Título "Comenda Leonel de Moura Brizola" ao Sr. Carlos Alberto Pereira da Silva; Projeto de Decreto 015/18 de autoria do Vereador Gian Pedroso, o qual Concede o Título honorífico "Comenda Leonel de Moura Brizola" ao Senhor Luciano Luiz Alt.