Notícias

05.09.2017 - 11:25

Vereador protocola projeto que visa instituir testes de triagem do autismo

Um projeto de autoria do vereador Fábio Zanetti, visa instituir no município a aplicação de testes de triagem do autismo em todas as crianças que passarem pelas Unidades de Saúde. A proposta foi protocolada na última segunda-feira (04) e assegura a aplicação de instrumentos de triagem de desenvolvimento infantil IRDI, aplicável em crianças de 0 a 18 meses, e M-Chat aplicável em crianças a partir de 18 a 36 meses, possibilitando assim, o rastreio do Transtorno do Espectro do Autismo.

Na justificava, o vereador alega que estes são protocolos usados para acompanhar o desenvolvimento emocional de bebês junto a seus cuidadores e vem se destacando como alternativa auxiliar na prevenção do autismo. No IRDI (IRDI – Indicadores de Risco para Desenvolvimento Infantil de 0 a 18 meses), desenvolvido a pedido do Ministério da Saúde como instrumento a ser usado durante os 18 primeiros meses de vida de crianças, é bastante vantajoso, e é aconselhado que todas as crianças sejam avaliadas com ele durante consultas de rotina ou visitas de agentes comunitários de saúde.

Já o M-CHAT, dispositivo de diagnóstico de autismo, costuma ser aplicado aos 18 meses de vida e embora seja especificamente elaborado para detectar essa doença, ele pode, além de gerar resultados afirmativos sem que o autismo de fato se faça presente, chegar "atrasado", quando comparado ao protocolo pesquisado. Desta forma, o vereador defende que as crianças, quanto detectadas pelo M-CHAT, não passam despercebidas pelo IRDI, e podem ser encaminhadas para intervenção clínica antes dos 18 meses de vida, caso essa medida seja necessária.

O projeto segue agora a tramitação legal na Casa Legislativa, aguardando os pareceres das comissões para que possa ser coloca em apreciação e votação do plenário.