Notícias

17.10.2017 - 16:51

Vereadora busca viabilizar parceria entre Mofecom e Direito da UPF

Deram início, na tarde desta terça-feira (17), as tratativas para que a Universidade de Passo Fundo – UPF avalie o acolhimento do Movimento Feminino Comunitário – Mofecom. O assunto foi tratado com o diretor do campus da UPF em Carazinho Hélio Büllau, o diretor da Faculdade de Direito Rogério da Silva, a coordenadora adjunta do curso de Direito de Carazinho Vanderlise Wentz Baú, o coordenador adjunto do curso de Direito de Sarandi e a vereadora Janete Ross de Oliveira.

 

A sugestão de que o Mofecom pudesse ser agregado junto aos trabalhos prestados pela UPF foi realizada pela vereadora Janete ainda no primeiro trimestre deste ano, quando as representantes do movimento buscaram ajuda nesse sentido. Entre os locais disponíveis para receber a entidade, a vereadora pensou em buscar apoio da universidade, uma vez que já agrega outros importantes trabalhados no município. A época, o diretor do campus Carazinho Hélio Büllau se responsabilizou em levar o assunto até os setores responsáveis e ver a viabilidade da proposta.

 

Na última semana, após o Mofecom buscar apoio do Legislativo na concessão de uma sala por parte do município, a direção do campus entrou em contato com a vereadora para afirmar interesse na proposta de instalação da entidade junto a UPF. Para isso, a coordenação do curso do Direito da UPF solicitou o encaminhamento de alguns documentos do próprio movimento, para que seja feita uma solicitação oficial à Fundação da universidade. 

 

As solicitações feitas para que seja encaminhado o pedido até a FUPF serão repassadas ao Mofecom, para que seja dada uma agilidade no processo. Um contato com a secretária de assistência social Andréia Schmitz também será feito, para que possam ser feitas as tratativas desta possível parceria.