NOTÍCIAS

17 . 04 . 2017 - 20 : 20

Vereadores aprovam dois, dos três projetos colocados em votação

 A sessão ordinária da Câmara de Vereadores votou e aprovou dois dos três projetos colocados em apreciação, sendo rejeitado o Projeto de Emenda a Lei Orgânica do Executivo Municipal o qual dá nova redação ao inciso XIV do Art. 53 da Lei Orgânica do Município de Carazinho. Essa alteração visa dilatar o prazo para prestação de informações à Câmara Municipal sobre atos sujeitos à fiscalização do Poder Legislativo, que hoje é de quinze dias, passando para trinta dias. O projeto alegava que havia um elevado número de pedidos de informações recebidos, que muitas vezes demandam tempo considerável de pesquisa e confecção, fazendo com que os servidores deixassem de efetuar outras tarefas, no intuito de atender ao prazo estabelecido na legislação pertinente.

Por ser uma alteração a Lei Orgânica o projeto necessitava de nove votos para aprovação, contudo, teve apenas oito votos favoráveis e cinco contrários, sendo que nesse tipo de projeto o presidente também vota. Mesmo com a maioria, o projeto foi rejeitado em função de não ter a maioria qualificada do plenário.

Já os demais projetos colocados em apreciação foram aprovados por unanimidade, sendo que todos eram de autoria do Executivo Municipal. O primeiro deles foi o PL 043/17 o qual autoriza abertura de crédito especial no orçamento no valor de R$ 23.400,00 na Secretaria Municipal de Desenvolvimento, passando os valores pagos a título de locação do prédio onde funcionava a Secretaria Municipal de Agricultura para a Secretaria Municipal de Desenvolvimento, em função da alteração das sedes das referidas secretarias.

Foi aprovado também o PL 041/2017 o qual autoriza a filiação e contribuição do município de Carazinho a Associação dos Municípios do Planalto – AMPLA, que tem por fim associar, integrar e representar judicial e extrajudicialmente os municípios da Região, impetrar mandados de segurança, bem como atuar nos pólos ativo e passivo das ações de interesse geral, com a aprovação prévia ou referendo posterior à reunião ordinária ou Assembléia Geral, Ordinária ou Extraordinária da entidade, ou diretamente através da Federação das Associações de Municípios no Rio Grande do Sul - FAMURS, objetivando desenvolver ações voltadas ao municipalismo.

Autor: Assessoria de Comunicação

Notícias

22.06.2017 - 16:03
Câmara realiza entrega de material para a Escola Pedro Pasqualotto

  A Câmara de Vereadores, através do vereador Lucas Lopes, entregou na tarde desta quinta-feira (22) alguns materiais de higiene e material escolar para a Escola Pedro Pasqualotto. A

21.06.2017 - 16:44
Vereadores sugerem a criação do Programa Farmácia Solidária

O presidente da Câmara de Vereadores Estevão De Loreno, acompanhado da vereadora Janete Ross de Oliveira, estiveram na tarde desta quarta-feira (21) na secretaria municipal da saúde

20.06.2017 - 16:19
Audiência pública debaterá sobre a Reforma da Previdência

  Será na próxima sexta-feira (23) a audiência pública da frente Gaúcha em Defesa da Previdência Pública da Assembleia Legislativa do Rio Grande do

19.06.2017 - 20:45
Projeto que declara utilidade pública a Associação de Moradores Braganholo e Loeff é aprovado por unanimidade

  Todos os projetos colocados em  apreciação na sessão ordinária da Câmara de Vereadores da última segunda-feira (19) foram aprovados por unanimidade

Em pauta

Sessão Ordinária nº 297 (26/06/2017 - 18:45)

CONVOCO os senhores vereadores para uma Reunião ORDINÁRIA, a ser realizada dia 26 de junho, SEGUNDA-FEIRA, com início previsto para as 18 horas e 45 minutos.

1. Projeto de Lei 065/17 de autoria do Executivo Municipal, o qual Revoga a Lei Municipal nº 8.039/15 que autorizou a concessão de uso de um imóvel do Município ao SINDICAR.