LEIS MUNICIPAIS

Selecione os filtros abaixo para buscar as leis

Lei Municipal Nº 1494

LEI MUNICIPAL Nº 1494 Suplementa verba da Taxa de Transportes, do Orçamento vigente. ERNESTO JOSÉ ANNONI, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO. Faço saber que o Poder Legislativo aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º - Fica o Poder Executivo autorizado a abrir um Crédito Suplementar de CR$ 200.000,00 (duzentos mil cruzeiros), para reforço da dotaçpØo 42-8.82.4 d) Taxa de Transporte, do Orçamento vigente. Art. 2º - Servirá de recurso a arrecadaçp o a maior assegurada na Taxa de Transporte no corrente exercício. Art. 3º - Revogam-se as disposições em contrário. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, em 16 de outubro de 1961. a)ERNESTO JOSÉ ANNONI Prefeito Municipal a)Lourival Vargas Secretário

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

05 . 05 . 2006

DATA DE APROVAÇÃO

16 . 10 . 1961


Lei Municipal Nº 1492

LEI MUNICIPAL Nº 1492 Estabelece novas normas para o lançamento e cobrança do Imposto sobre Indústrias e Profissões relativo ao imposto devido pelos agricultores, pecuaristas e criadores. ERNESTO JOSÉ ANNONI, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO. Faço saber que o Poder Legislativo aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º - O artigo 42 da Lei sobre o Imposto de Indústrias e Profissões, passará a ter a seguinte redaçp o: " Art. 42 - O Imposto para os agricultores, pecuaristas e criadores, será lançado e arrecadado de acordo com a tabela seguinte: CATEGORIA CATEGORIA 1ª - até 5 ha. ISENTO 29º-140 a 145 ha. 4.350,00 2ª - 5 a 10 ha. 300,00 30ª-145 a 150 ha. 4.500,00 3ª - 10 a 15 ha. 450,00 31ª-150 a 155 ha. 4.640,00 4ª - 15 a 20 ha. 600,00 32ª-a55 a 160 ha. 4.800,00 5ª - 20 a 25 ha. 750,00 33ª-160 a 165 ha. 4.950,00 6ª - 25 a 30 ha. 900,00 34ª-165 a 170 ha. 5.100,00 7ª - 30 a 35 ha. 1.050,00 35ª-170 a 175 ha. 5.250,00 8ª - 30 a 40 ha. 1.200,00 36ª-175 a 180 ha. 5.400,00 9ª - 40 a 45 ha. 1.350,00 37ª-180 a 185 ha. 5.550,00 10ª- 45 a 50 ha. 1.500,00 38ª-185 a 190 ha. 5.700,00 11ª- 50 a 55 ha. 1.650,00 39ª-190 a 195 ha. 5.850,00 12ª- 55 a 60 ha. 1.800,00 40ª-195 a 200 ha. 6.000,00 13ª- 60 a 65 ha. 1.950,00 41ª-200 a 205 ha. 6.150,00 14ª- 65 a 70 ha. 2.100,00 42ª-205 a 210 ha. 6.300,00 15ª- 70 a 75 ha. 2.250,00 43ª-210 a 215 ha. 6.450,00 16ª- 75 a 80 ha. 2.400,00 44ª-215 a 220 ha. 6.600,00 17ª- 80 a 85 ha. 2.550,00 45ª-220 a 225 ha. 6.750,00 18ª- 85 a 90 ha. 2.700,00 46ª-225 a 230 ha. 6.900,00 19ª- 90 a 95 ha. 2.850,00 47ª-230 a 235 ha. 7.050,00 20ª- 95 a 100ha. 3.000,00 48ª-235 a 240 ha. 7.200,00 21ª-100 a 105ha. 3.150,00 49ª-240 a 245 ha. 7.350,00 22ª-105 a 110ha. 3.300,00 50ª-245 a 250 ha. 7.500,00 23ª-110 a 115ha. 3.450,00 51ª-250 a 255 ha. 7.650,00 24ª-115 a 120ha. 3.600,00 52ª-255 a 260 ha. 7.800,00 25ª-120 a 125ha. 3.750,00 53ª-260 a 265 ha. 7.950,00 26ª-125 a 130ha. 3.900,00 54ª-265 a 270 ha. 8.100,00 27ª-130 a 135ha. 4.050,00 55ª-270 1 275 ha. 8.250,00 28ª-135 a 140ha. 4.200,00 56ª-275 a 280 ha. 8.400,00 57ª-280 a 285 ha. 8.550,00 90ª-445 a 450 ha. 13.500,00 58ª-285 a 290 ha. 8.700,00 91ª-450 a 455 ha. 13.650,00 59ª-290 a 295 ha. 8.850,00 92ª-455 a 460 ha. 13.800,00 60ª-295 a 300 ha. 9.000,00 93ª-460 a 465 ha. 13.950,00 61ª-300 a 305 ha. 9.150,00 94ª-465 a 470 ha. 14.100,00 62ª-305 a 310 ha. 9.450,00 95ª-470 a 475 ha. 14.250,00 63ª-310 a 315 ha. 9.450,00 96ª-475 a 480 ha. 14.400,00 64ª0315 a 320 ha. 9.600,00 97ª-480 a 485 ha. 14.550,00 65ª-320 a 325 ha. 9.750,00 98ª-485 a 490 ha. 14.700,00 66ª-325 a 330 ha. 9.900,00 99ª-490 a 495 ha. 14.850,00 67ª-330 a 335 ha. 10.050,00 100ª-495 a 500 ha. 15.000,0068ª-335 a 340 ha. 10.200,00 69ª-340 a 345 ha. 10.350,00 70ª-345 a 340 ha. 10.500,00 71ª-350 a 355 ha. 10.650,00 72ª-355 a 360 ha. 10.800,00 73ª-360 a 365 ha. 10.950,00 74ª-365 a 370 ha. 11.100,00 75ª-370 a 375 ha. 11.250,00 76ª-375 a 380 ha. 11.400,00 77ª-380 a 385 ha. 11.550,00 78ª-385 a 390 ha. 11.700,00 79ª-390 a 395 ha. 11.850,00 80ª-395 a 400 ha. 12.000,00 81ª-400 a 405 ha. 12.150,00 82ª-405 a 410 ha. 12.300,00 83ª-410 a 415 ha. 12.450,00 84ª-415 a 420 ha. 12.600,00 85ª-420 a 425 ha. 12.750,00 86ª-425 a 430 ha. 12.900,00 87ª-430 a 435 ha. 13.050,00 88ª-435 a 440 ha. 13.200,00 89ª-440 a 445 ha. 13.350,00 § +nico - Para agricultores, pecuaristas e criadores, de maior categoria que a prevista na categoria cem, será feita a categoria correspondente, na mesma base da de número cem. Art. 2º - Esta Lei entrará em vigor em 1º de janeiro de 1962, revogadas as disposições em contrário. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, em 2 de outubro de 1961. a)ERNESTO JOSÉ ANNONI Prefeito Municipal a)Lourival Vargas Secretário

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

05 . 05 . 2006

DATA DE APROVAÇÃO

02 . 10 . 1961


Lei Municipal Nº 1491

LEI MUNICIPAL Nº 1491 Altera a Lei Municipal nº 55, de 30.11.1953. ERNESTO JOSÉ ANNONI, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO. Faço saber que o Poder Legislativo aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º - O artigo 1º da Lei Municipal nº 55, de 30 de novembro de 1953, passará a ter a seguinte redaçp£o: " Aos servidores públicos municipais de Carazinho, ativos e inativos, é assegurado o direito de um abono familiar, na razpØo de CR$ 100,00 (cem cruzeiros) mensais, para a esposa e igual quantia por filho menor de 18 anos, legítimo ou a ele equiparado nos termos da Lei, que viva às suas expensas, ou maiores de idade, quando incapacitados de trabalhar". Art. 2º - Esta Lei entrará em vigor a contar de 1º de setembro de 1961. servindo de recurso a verba própria constante do Orçamento vigente. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, em 2 de outubro de 1961. a)ERNESTO JOSÉ ANNONI Prefeito Municipal a)Lourival Vargas Secretário

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

05 . 05 . 2006

DATA DE APROVAÇÃO

02 . 10 . 1961


Lei Municipal Nº 1490

LEI MUNICIPAL Nº 1490 Torna obrigatório o combate à formiga e estabelece penalidades. O PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, ERNESTO JOSÉ ANNONI, no uso de atribuições que lhe confere o artigo 50, Inciso II, da Lei Orgânica, faz saber que o Poder Legislativo aprovou e ele sanciona a seguinte Lei: Art. 1º - Em cumprimento do art. 125, parágrafo único, da Lei Orgânica do Município, ficam os proprietários e arrendatários obrigados a dar combate à formiga nas suas áreas de terras. Art. 2º - Aos que deixarem de cumprir o disposto no artigo 1º, será aplicada a seguinte penalidade: - multa de CR$ 500,00 a 5.000,00- Art. 3º - A multa será duplicada, triplicada e assim sucessivamente, por falta de cumprimento desta Lei, em reincidências. Art. 4º - Os prejuízos e o np©o cumprimento desta Lei, será verificado por autoridade municipal e testemunhada por duas pessoas de reconhecida idoneidade moral, dando ciência do ocorrido, por expediente, à Fazenda Municipal, que proporá ao Executivo a aplicaçpo das penalidades. Art. 5º - Da data do despacho do Executivo, será concedido o prazo de 30 (trinta) dias para a defesa ou pagamento. § único - Para que seja encaminhada e aceita a defesa, é preciso que se lhe junte o recibo da Tesouraria do Município, do depósito prévio da importância correspondente à multa em discusspdo. Havendo defesa, dará o Executivo o despacho final, também, dentro do prazo de 30 (trinta) dias, np™o cabendo nenhum recurso administrativo do mesmo. Decorridos 15 (quinze) dias do despacho final, se as partes npˇo comparecerem para regularizar sua situaçp:o, processar-se-á, ex-ofício, o reconhecimento do valor da multa anteriormente depositada a conta correspondente. Art. 6º - Os que np£o apresentarem defesa no prazo previsto no artigo 5º e np×o efetuarem o pagamento do valor da multa, serp o lançados em Dívida Ativa, para cobrança, acrescido de multa de 30% (trinta). Art. 7º - Aos agricultores reconhecidamente pobres, que npuo dispuserem de recursos para tal fim, o Município providenciará a distribuiçpÞo de veneno, através das Subprefeituras. Art. 8º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicaçpGo, revogadas as disposições em contrário. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, em 2 de outubro de 1961. a)ERNESTO JOSÉ ANNONI Prefeito Municipal a)Lourival Vargas Secretário

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

05 . 05 . 2006

DATA DE APROVAÇÃO

02 . 10 . 1961


Lei Municipal Nº 1489

LEI MUNICIPAL Nº 1489 Aprova o Brazpžo a ser adotado pelo Município ERNESTO JOSÉ ANNONI, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO. Faço saber que o Poder Legislativo aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º - É adotado oficialmente como símbolo do Município de Carazinho, o Brazp£o caracterizado como segue: Escudo português, dividido em três setores horizontais; o 1º apresenta a coxilhas dos pagos e uma cruz branca sobre a planície e o verde e amarelo com o céu azul, que simboliza a fé e o início da colheita, onde Pedro Vargas fez doaçp o para a construçp¦o de uma capela e comemoraçp¦o a Nosso Senhor Bom Jesus, ponto inicial da cidade de Carazinho; o 2º, com um fundo vermelho, com duas lanças e um aperto de mpÛo, representado a Revoluçpuo de 1930, com as formas expedicionárias do Rio Grande do Sul para o Norte e a confraternizaçpo com os Carazinhenses no Barracp©o rural. Este foi o marco principal da emancipaçp©o de Carazinho, na passagem do General Flores da Cunha, acompanhando o movimento de 1930; o 3º, com o fundo azul, representa a indústria, a pecuária e a agricultura. Na parte de baixo, numa faixa vermelha e com letras de cor branca, o nome da cidade e a data da emancipaçp¯o política do Município. Esse conjunto está encimado por uma coroa mural em preto e prata, que, em heráldica, significa uma cidade grande e fortificada e que, agora, simboliza o Poder Público Municipal. Art. 2º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicaçpdo, revogadas as disposições em contrário. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, em 2 de outubro de 1961. a)ERNESTO JOSÉ ANNONI Prefeito Municipal a)Lourival Vargas Secretário

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

05 . 05 . 2006

DATA DE APROVAÇÃO

02 . 10 . 1961


Lei Municipal Nº 1488

LEI MUNICIPAL Nº 1488 Suplementa verba da Autarquia Municipal "SCEEI". ERNESTO JOSÉ ANNONI, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO. Faço saber que o Poder Legislativo aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º - Fica o Poder Executivo autorizado a abrir um Crédito Suplementar de CR$ 560.000,00 (quinhentos e sessenta mil cruzeiros), para reforço da verba 8.64.1 - Pessoal Variável da Autarquia Municipal, Serviços Industriais. Art. 2º - Servirá de recurso a arrecadaçpro a maior na venda de brita no corrente ano CR$ 260.000,00 e a reduçp o de CR$ 300.000,00 na verba 8.73.4 do orçamento da Autarquia - Serviço de Dívidas. Art. 3º - revogam-se as disposições em contrário. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, em 30 de setembro de 1961. a)ERNESTO JOSÉ ANNONI Prefeito Municipal a)Lourival Vargas Secretário

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

05 . 05 . 2006

DATA DE APROVAÇÃO

30 . 09 . 1961


Lei Municipal Nº 1487

LEI MUNICIPAL Nº 1487 Abre um Crédito Extraordinário de CR$ 250.000,00, para pagamento das despesas com o Comando da Legalidade. ERNESTO JOSÉ ANNONI, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO. Faço saber que o Poder Legislativo aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º - Fica o Poder Executivo autorizado a abrir um Crédito Extraordinário até o limite de CR$ 250.000,00 (duzentos e cinqüenta mil cruzeiros), para pagamento de despesas autorizadas pelo comando da Legalidade, em face dos acontecimentos que tiveram início a partir de 25 de agosto de 1961. Art. 2º - Servirá de recurso para pagamento das despesas que correrpAo pelo Crédito Extraordinário autorizado pelo artigo anterior, a arrecadaçpÛo a maior na quota do imposto de renda do corrente exercício. Art. 3º - Revogam-se as disposições em contrário. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, em 28 de setembro de 1961. a)ERNESTO JOSÉ ANNONI Prefeito Municipal a)Lourival Vargas Secretário

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

05 . 05 . 2006

DATA DE APROVAÇÃO

28 . 09 . 1961


Lei Municipal Nº 1486

LEI MUNICIPAL Nº 1486 Altera as disposições que regem a cobrança do Imposto de Industrias e Profissões. ERNESTO JOSÉ ANNONI, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO. Faço saber que o Poder Legislativo aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º - O imposto previsto no artigo 35 da Lei vigente, passará a ser cobrado, a contar de 1962, com um aumento de 50% (cinqüenta por cento). Art. 2º - Os contribuintes constantes do artigo 8º, constantes da tabela de incidência nº 1 (um) e 2 (dois), passarp¦o a pagar, a contar de 1962, CR$ 0,20 (vinte centavos), por cento. Os contribuintes das Tabelas nº 3 (três), 4 (quatro), 5 (cinco), 6(seis), 7 (sete), passarpÛo a pagar a partir de 1962, a razpuo de CR$ 0,30 (trinta centavos) por cento. Os contribuintes enquadrados nas Tabelas nº 8 (oito), 10 (dez), 11 (onze), 12 (doze), 13 (treze) e 14 (quatorze), pagarp©o o imposto a razpDo de CR$ 0,40 (quarenta centavos) por cento, a partir de 1962. Os contribuintes compreendidos na Tabela nº 9 (nove) e 15 (quinze), pagarpzo a partir de 1961, o imposto a razpzo de CR$ 0,50 (cinqüenta centavos) por cento. Art. 3º - Todos os cálculos acima serp¯o baseados no movimento econômico dos Contribuintes. Art. 4º - Fica estabelecido que todos os contribuintes, afora o imposto calculado sobre o movimento econômico, ou seja, a parte variável, contribuirpo com uma parte fixa anual, na seguinte proporçpdo: até CR$ 500.000,00 (quinhentos mil cruzeiros), CR$ 300,00 (trezentos cruzeiros). Mais de CR$ 500.000,00 até CR$ 1.000.000,00 (hum milhpÍo), CR$ 500,00 (quinhentos cruzeiros). De mais de hum milhpˇo de cruzeiros até CR$ 10.000,00 (dez milhões de cruzeiros), CR$ 1.000,00 (hum mil cruzeiros) de imposto. De mais de CR$ 10.000.000,00 (dez milhões de cruzeiros), de movimento econômico anual, CR$ 3.000,00 (três mil cruzeiros, de imposto anual. Art. 5º - Ficam retificadas as Tabelas, mediante as seguintes transferências de incidências; Hotéis e Similares, que constam na Tabela nº 15 (quinze), passarpuo para a Tabela 2 (dois). Ambulantes de Balas, Bombons e Massas Alimentícias, passarp©o da Tabela nº 15, para a Tabela 2 (dois). Comércio de Restaurantes e Churrascaria, da Tabela nº 10 (dez), para a Tabela 2 (dois). Fazendas e Artigos para Homens (comércio), da Tabela nº 8 (oito), para a Tabela nº 4 (quatro). Comércio de Mercadorias em Geral, da Tabela nº 6 (seis), para a Tabela 4 (quatro). Comércio de Gêneros Alimentícios (armazéns de secos e molhados), Forragens e Frutas, da Tabela nº 4, para a Tabela 1 (um). Indústria de Gelo, da Tabela nº 5 (cinco) para a Tabela 1 (um). TorrefaçpQo e Moagem de Café Indústria), da Tabela nº 4 (quatro) para a Tabela 1 *um). Art. 6º - Esta Lei entrará em vigor em 1º de janeiro de 1962. Art. 7º - Revogam-se as disposições em contrário. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, em 27 de setembro de 1961. a)ERNESTO JOSÉ ANNONI Prefeito Municipal a)Lourival VargasSecretário

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

05 . 05 . 2006

DATA DE APROVAÇÃO

27 . 09 . 1961


Lei Municipal Nº 1485

LEI MUNICIPAL Nº 1485 Autoriza a abertura de um Crédito Especial de CR$ 97.500,00, para pagamento de honorários advocatícios etaxas. ERNESTO JOSÉ ANNONI, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO. Faço saber que o Poder Legislativo aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º - Fica o Poder Executivo autorizado a abrir um Crédito Especial de CR$ 97.500,00, para pagamento das seguintes despesas: -Honorários do Dr. Walter Graeff na açp o cominatória contra a Viaçp¦o Férrea do RGS..................CR$ 50.000,00 -Idem do Dr. Carlos Galves e do Sr. Walter Graeff, no mandado de segurança da família Guerra......CR$ 40.000,00 -Para pagamento de Taxas Judiciárias............CR$ 7.500,00 ' TOTAL............................CR$ 97.500,00 Art. 2º - Servirá de recurso a arrecadaçp©o a maior na Quota de Retorno do corrente Exercício. Art. 3º - Revogam-se as disposições em contrário. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, em 19 de setembro de 1961. a)ERNESTO JOSÉ ANNONI Prefeito Municipal a)Lourival Vargas Secretário

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

05 . 05 . 2006

DATA DE APROVAÇÃO

19 . 09 . 1961


Lei Municipal Nº 1484

LEI MUNICIPAL Nº 1484 Suplementa verbas do Orçamento vigente com a reduçpžo de dotações orçamentárias. ERNESTO JOSÉ ANNONI, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO. Faço saber que o Poder Legislativo aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º - Fica o Poder Executivo autorizado a abrir os seguintes Créditos Suplementares: 120-8.04.4 (c)-Desp.Postais e Telegráficas......CR$ 35.000,00 101-8.00.3 - Material de Expediente..........CR$ 35.000,00 TOTAL........................CR$ 70.000,00 Art. 2º - Servirá de recurso a reduçp¦o de igual quantia na verba 111 - 8.02.0 do Orçamento vigente, cargos npAo preenchidos. Art. 3º - Revogam-se as disposições em contrário. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, em 19 de setembro de 1961. a)ERNESTO JOSÉ ANNONI Prefeito Municipal a)Lourival Vargas Secretário

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

05 . 05 . 2006

DATA DE APROVAÇÃO

19 . 08 . 1961


Lei Municipal Nº 1483

LEI MUNICIPAL Nº 1483 Autoriza o Poder Executivo a fazer abertura de Créditos Suplementares e reduzir dotaçp8o orçamentária da Autarquia. ERNESTO JOSÉ ANNONI, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO. Faço saber que o Poder Legislativo aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º - Fica o Poder Executivo autorizado a abrir os seguintes Créditos Suplementares, na Autarquia Municipal, para reforço de dotações orçamentárias no corrente Exercício: 8.63.2 - Material Permanente....................CR$ 500.000,00 8.99.4 - Eventuais-Despesas Imprevisíveis.......CR$ 100.000,00 Art. 2º - Servirá de recurso para os créditos autorizados no artigo anterior, a reduçpÛo de igual quantia na verba 8.73.4 - Dívidas, npuo utilizada no ano em curso. Art. 3º - Revogam-se as disposições em contrário. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, em 25 de agosto de 1961. a)ERNESTO JOSÉ ANNONI Prefeito Municipal a)Lourival Vargas Secretário

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

05 . 05 . 2006

DATA DE APROVAÇÃO

25 . 08 . 1961


Lei Municipal Nº 1482

LEI MUNICIPAL Nº 1482 Autoriza o Poder Executivo a abrir um Crédito Especial de CR$ 30.000,00 para despesas a serem feitas com a Banda Marcial do Ginásio das Dores. ERNESTO JOSÉ ANNONI, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO. Faço saber que o Poder Legislativo aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º - Fica o Poder Executivo autorizado a abrir um Crédito Especial de CR$ 30.000,00 (trinta mil cruzeiros), para pagamentos de despesas a serem feitas com a vinda da Banda Marcial do Ginásio das Dores, de Porto Alegre, sendo VR$ 20.000,00 como contribuiçp¦o para a promoçp¦o e CR$ 10.000,00 para ajuda nas despesas de alimentaçpAo. Art. 3º - Servirá de recurso a reduçpÛo de CR$ 20.000,00 na verba 240.8.51.1 do Orçamento vigente e CR$ 10.000,00, pela Quota de Retorno recebida a maior no corrente Exercício. Art. 3º - Revogam-se as disposições em contrário. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, em 25 de agosto de 1961. a)ERNESTO JOSÉ ANNONI Prefeito Municipal a)Lourival Vargas Secretário

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

05 . 05 . 2006

DATA DE APROVAÇÃO

25 . 08 . 1961


Lei Municipal Nº 1481

LEI MUNICIPAL Nº 1481 Autoriza a abertura de Créditos Suplementares para reforço de Dotações Orçamentárias. ERNESTO JOSÉ ANNONI, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO. Faço saber que o Poder Legislativo aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º - Fica o Poder Executivo autorizado a abrir os seguintes Créditos Suplementares, para reforço de dotações do Orçamento vigente: 120-8.04.4 a) Publicaçpro de Atos Oficiais.......CR$ 50.000,00 66-8.99.4 Eventuais - Desp.Imprevistas......CR$ 100.000,00 TOTAL.............................CR$ 150.000,00 Art. 2º - ServirpAo de recursos para a cobertura dos Créditos Suplementares autorizados pelo artigo anterior, a reduçpuo de CR$ 50.000,00 na verba 240-8.51.1, CR$ 50.000,00 na verba 2.02.0 Renda de Capitais, do Orçamento vigente, e, CR$ 50.000,00 referente a arrecadaçp©o a maior na Quota de Retorno do corrente Exercício. Art. 3º - Revogam-se as disposições em contrário. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, em 25 de agosto de 1961. a)ERNESTO JOSÉ ANNONI Prefeito Municipal a)Lourival Vargas Secretário

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

05 . 05 . 2006

DATA DE APROVAÇÃO

25 . 08 . 1961


Lei Municipal Nº 1480

LEI MUNICIPAL Nº 1480 Autoriza o Poder Executivo a abrir Créditos Suplementares, para reforço de dotações Orçamentárias. ERNESTO JOSÉ ANNONI, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO. Faço saber que o Poder Legislativo aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º - Fica o Poder Executivo autorizado a abrir os seguintes Créditos Suplementares, para reforço de dotações do Orçamento Vigente: Cód.8.83.3-Lubrificantes e Combustíveis........CR$ 480.000,00 Cód.8.04.4d) - Assinatura de Revistas e JornaisCR$ 15.000,00 Cód. 8.02.1d) -Avanços ao amanuense de Sto.Ant.CR$ 3.058,50 Cód.8.33.0 h) - Gratif.Ad.a Professores.......CR$ 35.000,00 Art. 2º - ServirpÛo de recursos para os créditos autorizados pelo artigo anterior: CR$ 480.000,00 do recebimento do Fundo Rodoviário Nacional, 4º semestre de 1960 e CR$ 53.058,50 pela arrecadaçp©o da verba 2.02.0 - Renda de Capitais. Art. 3º - Revogam-se as disposições em contrário. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, em 25 de agosto de 1961. a)ERNESTO JOSÉ ANNONI Prefeito Municipal a)Lourival Vargas Secretário

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

05 . 05 . 2006

DATA DE APROVAÇÃO

25 . 08 . 1961


Lei Municipal Nº 1479

LEI MUNICIPAL Nº 1479 Autoriza a abertura de um Crédito Suplementar de CR$ 50.000,00, para reforço de dotaçp8o orçamentária. ERNESTO JOSÉ ANNONI, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO. Faço saber que o Poder Legislativo aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º - Fica o Poder Executivo autorizado a abrir um Crédito Suplementar de CR$ 50.000,00 (cinqüenta mil cruzeiros), para reforço da dotaçpØo 8.33.3 - InstruçpØo Pública - Material de Expediente, do Orçamento vigente. Art. 2º -- Servirá de recurso para cobertura do Crédito autorizado no artigo anterior, o saldo do Exercício de 1960. Art. 3º - Revogam-se as disposições em contrário. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, em 16 de agosto de 1961. a)ERNESTO JOSÉ ANNONI Prefeito Municipal a)Lourival Vargas Secretário

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

05 . 05 . 2006

DATA DE APROVAÇÃO

16 . 08 . 1961


MAIS LEIS

Notícias

20.11.2017 - 16:07
Prêmio Zumbi dos Palmares será entregue nesta segunda-feira

Será entregue nesta segunda-feira (20), durante sessão solene do Legislativo, o Prêmio "Prêmio Zumbi dos Palmares" da Câmara de Vereadores.  O prêmio existe no

20.11.2017 - 15:45
Maioria da Câmara vota pela cassação do vereador Clayton Pereira

A Câmara de Vereadores votou na manhã desta segunda-feira (20) pela perda do mandato do vereador Clayton Pereira (SDD), por quebra de decoro parlamentar. A sessão extraordinária

17.11.2017 - 10:47
Câmara votará processo de perda de mandato na próxima segunda-feira

Foi convocada para a próxima segunda-feira (20), às 09 horas, uma sessão extraordinária que votará o julgamento de perda de mandato 004/17, em face do acusado Clayton

17.11.2017 - 09:47
Prêmio Zumbi dos Palmares será entregue na próxima semana

Já foram definidos os homenageados para o Prêmio "Prêmio Zumbi dos Palmares" da Câmara de Vereadores deste ano.  O prêmio existe no município desde 2012, e visa

Em pauta

Sessão Ordinária nº 320 (20/11/2017 - 18:45)

CONVOCO os senhores vereadores para uma Reunião ORDINÁRIA, a ser realizada dia 20 de novembro, SEGUNDA-FEIRA, com início previsto para as 18 horas e 45 minutos.