LEIS MUNICIPAIS

Selecione os filtros abaixo para buscar as leis

Lei Municipal Nº 1954

LEI MUNICIPAL Nº 1954 Altera a Lei Municipal nº 125 de 29 de dezembro de 1955. ARMINDO XAVIER DA CRUZ, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO. FAÇO SABER que o Poder Legislativo aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º - A Autarquia Municipal criada pela Lei nº 125, passa a ter a denominação de SERVIÇOS CARAZINHENSES DE ENERGIA ELÉTRICA. Art. 2º - Esta Lei entrará em vigor a partir de 1º de Janeiro de 1967, revogadas as disposições em contrário. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, 30 DE JANEIRO DE 1967. a)ARMINDO XAVIER DA CRUZ Prefeito Municipal

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

12 . 01 . 2007

DATA DE APROVAÇÃO

30 . 01 . 1967


Lei Municipal Nº 1953

LEI MUNICIPAL Nº 1953 Transfere para o patrimônio do Município uma Britadeira e dá outras providencias. ARMINDO XAVIER DA CRUZ, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO. FAÇO SABER que o Poder Legislativo aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: Art. 1º - É transferido dos Serviços Carazinhenses de Energia Elétrica e Industriais, para o patrimônio do Município, a Britadeira que se acha instalada na Vila Ouro Preto, nesta cidade, passando este a explora-la industrialmente. Art. 2º - No corrente exercício, a contabilizaçπo do produto apurado com a exploraçπo da Britadeira pelo município será efetivada como Receita Extra-Orçamentária. Art. 3º - Os atuais servidores que prestam serviço na britadeira serπo transferidos dos Serviços carazinhenses de Energia Elétrica e Industriais para o Município, respeitados os direitos e vantagens que, na data desta Lei, lhes tenham sido assegurados. Art. 4º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicaçπo, revogadas as disposições em contrário. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, EM 28 DE JANEIRO DE 1967. a)ARMINDO XAVIER DA CRUZ Prefeito Municipal

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

12 . 01 . 2007

DATA DE APROVAÇÃO

28 . 01 . 1967


Lei Municipal Nº 5466

AYLTON MAGALHÃES, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. FAÇO SABER, que o Legislativo Municipal aprovou e eu sanciono e promulgo a seguinte Lei: Art. 1º - É o Poder Executivo autorizado a abrir um Crédito Suplementar no Orçamento do corrente exercício, no valor total de R$ 5.000,00 (cinco mil reais), para suplementação das seguintes dotações: 01 - CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES 0101 - Câmara Municipal 0101.01010012.001 - Manutenção dos Serviços da Câmara 3-5/31110104 - Remuneração dos Vereadores....................... ...........R$ 5.000,00 Art. 2º - Servirá de recursos para cobertura do Crédito Suplementar, autorizado pelo artigo anterior, a redução de saldos das seguintes rubricas: 01 - CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES 0101 - Câmara Municipal 0101.01010012.001 - Manutenção dos Serviços da Câmara 7-8/31130105 - Obrigações Patronais Servidores em Geral................R$ 5.000,00 Art. 3º - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, 29 DE DEZEMBRO DE 2000. AYLTON MAGALHÃES Prefeito Municipal Registre-se e Publique-se no Painel de Publicações da Prefeitura Municipal: ISOLDE MARIA DIAS Secretária Municipal da Administração ATR/IMD

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

10 . 01 . 2007

DATA DE APROVAÇÃO

29 . 12 . 2000


Lei Municipal Nº 5465

AYLTON MAGALHÃES, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. FAÇO SABER, que o Legislativo Municipal aprovou e eu sanciono e promulgo a seguinte Lei: Art. 1º - É o Poder Executivo autorizado a abrir um Crédito Suplementar no Orçamento do corrente exercício, no valor total de R$ 414.939,62 (quatrocentos e quatorze mil, novecentos e trinta e nove reais, sessenta e dois centavos), para suplementação das seguintes dotações: 07 - SECR. MUN. DE EDUCAÇÃO E CULTURA 0701 - Manutenção e Desenvolv. do Ensino - MDE 0701.08411852.049 - Funcionamento Creches/Educ. Infantil - MDE 150-3/31110103 - Remuneração Outros Servidores Educação ..... R$ 34.000,00 154-6/31110303 - Vale Alimentação Outros Servid. Educação...... R$ 3.750,00 0701.0842188.2.047 - Funcionamento do Depto. de Educação - MDE 192-9/31320200 - Outros Serviços e Encargos.............................. R$ 2.600,00 0701.0842188.2.062 - Funcionamento do Transporte Escolar - MDE 219-4/31320200 - Outros Serviços e Encargos.............................. R$ 7.000,00 0701.0842188.2.055 - Funcionamento do Ensino fundamental-MDE 202-0/31110101 - Remuneração do Pessoal Docente-Educ.......... R$ 110.553,49 0701.0842188.2.071 - Funcionam. Centro de Apoio Pedagógico-MDE 233-0/31320200 - Outros Serviços e Encargos.............................. R$ 6.000,00 0702 - FUNDEF 0702.08421882.056 - Funcionamento do Ensino Fundamental - FUNDEF 266-6/31110101 - Remuneração do Pessoal Docente-Educ.......... R$ 160.000,00 267-4/31110102 - Remuneração Demais Profiss. da Educ............ R$ 60.000,00 277-1/31320200 - Outros Serviços e Encargos.............................. R$ 13.236,13 0702.08421882.057 - Funcionamento Depto. Educação - FUNDEF 278-0/31110102 - Remuneração Demais Profiss. da Educação ... R$ 4.000,00 279-8/31110103 - Remuneração Outros Servidores Educação ..... R$ 2.000,00 282-8/31110303 - Vale Alimentação Outros Servid. Educação.............R$ 200,00 0704 - Pessoal Cedido, Encargos e Aux. Financ. 2 0704.08411852.050 - Func. Creches/Educ. Infantil - Pessoal Cedido 320-4/31110105 - Remuneração dos Servidores em Geral ........... R$ 7.200,00 321-2/31110305 - Vale Alimentação dos Servidores em Geral ...... R$ 400,00 0707 - Programas de Assistência a Educandos 0707.08472422.086 - Manutenção Alimentação Escolar - Rec. Próprios 350-6/31110105 - Remuneração dos Servidores em Geral .......... R$ 2.000,00 0709 - Museu Reg. Olívio Otto - Pessoal Ced. Fundacc 0709.08482462.088 - Func. Museu Reg. Olívio Otto- Pessoal Cedido 379-4/31110105 - Remuneração dos Servidores em Geral........... R$ 2.000,00 TOTAL ............................................................. R$ 414.939,62 Art. 2º - Servirá de recursos para cobertura do Crédito Suplementar, aberto pelo artigo anterior: 07 - SECR. MUN. DE EDUCAÇÃO E CULTURA 0701 - Manutenção e Desenvolv. do Ensino - MDE 0701.08070211.018 - Reequipamento Gabinete da Secretaria -MDE 139-2/41200000 - Equipamentos e Mat. Permanente .................... R$ 1.237,00 144-9/31200000 - Material de Consumo..................................................R$ 785,00 0701.08411851.020 - Reequipamento de Creches -MDE 146-5/41200000 - Equipamentos e Mat. Permanente .................. R$ 340,00 0701.08411851.021 - Ampliação de Obras em Creches -MDE 147-3/411000 - Obras e Instalações .......................................... R$ 2.200,00 0701.08411852.049 - Funcionamento Creches/Educ. Infantil -MDE 148-1/31110101 - Remuneração do Pessoal Docente - Educação ......R$ 3.000,00 151-1/31110200 - Diárias ............................................................ R$ 1.542,78 152-0/31110301 - Vale Alimentação Pessoal Docente – Educação......R$ 1.000,00 153-8/31110302 - Vale Alimentação Profiss. da Educação...................R$ 5.300,00 155-4/31130101 - Obrigações Patronais do Pessoal Docente..............R$ 2.000,00 156-2/31130102 - Obrigações Patronais Profiss. da Educação............R$ 1.500,00 157-0/31130103 - Obrigações Patron. Outros Servid. Educação..........R$ 3.000,00 0701.08411901.023 - Reequipamento Educação Pré-escolar -MDE 159-7/41200000 - Equipamentos e Mat. Permanente .................. R$ 4.499,00 0701.08411902.051 - Funcionamento Educação Pré-Escolar -MDE 163-5/31110200 - Diárias ............................................................ R$ 2.000,00 164-3/31110301 - Vale Alimentação Pessola Docente - Educação R$ 1.000,00 165-1/31110302 - Vale Alimentação Profiss. da Educação....................R$ 3.688,80 166-0/31110303 - Vale Alimentação Outros Servid. Educação..............R$ 8.500,00 3 167-8/31130101 - Obrigações Patronais do Pessoal Docente...............R$ 2.000,00 168-6/31130102 - Obrigações Patronais Profiss. da Educação.............R$ 3.113,77 169-4/31130103 - Obrigações Patron. Outros Servid. Educação...........R$ 2.000,00 170-8/31200000 - Material de Consumo..................................................R$ 360,82 0701.08411902.053 - Reforma de Predios/Instal. Pré-Escola -MDE 172-4/31200000 - Material de Consumo ........................................ R$ 6.263,69 173-2/31320100 - Outros Serviços e Encargos.....................................R$ 4.036,30 0701.08421872.061 - Funcionamento Alfabetização Adultos - MDE 175-9/31110200 - Diárias .............................................................. R$ 31,05 176-7/31110301 - Vale Alimentação Pessoal Docente – Educ..............R$ 738,00 177-5/31130101 - Obrigações Patronais do Pessoal Docente..............R$ 700,00 178-3/31200000 - Material de Consumo................................................R$ 5.000,00 179-1/31320200 - Outros Serviços e Encargos....................................R$ 970,00 0701.08421881.032 - Reequipamento do CAPE -MDE 183-0/41200000 - Equipamentos e Mat. Permanente .................. R$ 1.943,00 0701.08421882.047 - Funcionamento do Depto. de Educação -MDE 186-4/31110103 - Remuneração Outros Servidores Educação...........R$ 5.000,00 191-0/31200000 - Material de Consumo................................................R$ 2.090,65 0701.08421882.055 - Funcionamento do Ensino Fundamental -MDE 212-7/31200000 - Material de Consumo ........................................ R$ 36.270,08 0701.08421882.062 - Funcionamento Transporte Escolar - MDE 213-5/31320200 - Outros Serviços e Encargos....................................R$ 17.038,58 214-3/31110103 - Remuneração Outros Servidores Educação ..... R$ 10.000,00 215-1/31110200 - Diárias.......................................................................R$ 356,56 216-0/31110303 - Vale Alimentação Outros Servid. Educação.............R$ 3.300,00 218-6/31200000 - Material de Consumo.................................................R$ 7.000,00 0701.08421882.066 - Reforma Casa Zeladores de Escolas-MDE 222-4/31200000 - Material de Consumo ........................................ R$ 3.000,00 223-2/31320200 - Outros Serviços e Encargos....................................R$ 2.000,00 0701.08421882.064 - Recup. Predios/Instalações Escolares-MDE 220-8/31200000 - Material de Consumo ........................................ R$ 9.000,00 221-6/31320200 - Outros Serviços e Encargos.....................................R$ 7.000,00 0701.08421882.068 - Impressão de Material Didático-MDE 224-0/31200000 - Material de Consumo ........................................ R$ 3.000,00 225-9/31110102 - Remuneração Demais Profiss. da Educação ...........R$ 2.000,00 0701.08421882.071 - Funcionamento do Centro Apoio Pedagógico-MDE 227-5/31110200 - Diárias............................................................... R$ 200,00 4 228-3/31110302 - Vale Alimentação Profiss. da Educação...................R$ 200,00 232-1/31200000 - Material de Consumo.................................................R$ 5.000,00 0701.08421882.084 - Aquisição Material Escolar - MDE 234-8/31200000 - Material de Consumo ........................................ R$ 8.000,00 0701.08421882.132 - Auxilio para Estudantes Carentes-MDE 235-6/32540200 - Auxilio p/Alunos Carentes – Bolsa Escola......... R$ 5.000,00 0701.08421882.193 - Divulg. e Publicidades Institucionais-MDE 236-4/31320100 - Despesas com Publicidade ............................... R$ 1.100,00 0701.08421882.194 - Divulg. Oficiais - Editais e Outros -MDE 237-2/31320100 - Despesas com Publicidade......................................R$ 2.000,00 0701.08452142.075 - Realização Cursos de Capacitação-MDE 242-9/31110200 - Diárias............................................................... R$ 2.000,00 243-7/31200000 - Material de Consumo.................................................R$ 4.000,00 244-5/31320200 - Outros Serviços e Encargos.....................................R$ 14.775,00 0701.08452142.076 - Conv. C/Universidades, Col. N. S. Gloria-MDE 245-3/31320200 - Outros Serviços e Encargos.............................. R$ 15.000,00 0701.08452172.078 - Treinamento para Docentes e Técnicos-MDE 246-1/31110200 - Diárias............................................................... R$ 1.260,32 247-0/31200000 - Material de Consumo..................................................R$ 5.000,00 248-8/31320200 - Outros Serviços e Encargos...................................R$ 12.000,00 0701.08492522.097 -Funcionamento Classes Especiais-MDE 250-0/31110102 - Remuneração Demais Profiss. da Educ. .......... R$ 10.000,00 255-0/31200000 - Material de Consumo..................................................R$ 4.000,00 256-9/31320200 - Outros Serviços e Encargos....................................R$ 2.450,00 0701.08492522.113 - Transporte Escolar Educação Especial-MDE 257-7/31110103 - Remuneração Outros Servidores Educação .... R$ 2.000,00 258-5/31110303 - Vale Alimentação Outros Servid. Educação............R$ 900,00 259-3/31130103 - Obrigações Patron. Outros Servid. Educação.........R$ 1.400,00 261-5/31320200 - Outros Serviços e Encargos...................................R$ 1.500,00 0702 - FUNDEF 0702.08421881.028 - Reequipamento Ensino Fundamental - FUNDEF 263-1/41200000 - Equipamentos e Mat. Permanente .................. R$ 4.172,80 0702.08421882.056 - Funcionamento Ensino Fundamental - FUNDEF 268-2/31110103 - Remuneração Outros Servid. Educação ........... R$ 5.581,17 5 269-0/31110200 - Diárias............................................................... R$ 1.498,32 272-0/31110303 - Vale Alimentação Outros Servid. Educação...... R$ 5.501,13 273-9/31130101 - Obrigações Patronais do Pessoal Docente..............R$ 1.244,76 274-7/31130102 - Obrigações Patronais Profiss. da Educação............R$ 8.337,67 275-5/31130103 - Obrigações Patron. Outros Servid. Educação.........R$ 56,52 276-3/31200000 - Material de Consumo................................................R$ 10.848,75 0702.08421882.057 - Funcionamento do Depto. de Educação- FUNDEF 280-1/31110200 - Diárias............................................................... R$ 1.798,28 281-0/31110302 -Vale Alimentação Profiss. da Educação...................R$ 1.000,00 283-6/31130102 - Obrigações Patronais Profiss. da Educação...........R$ 1.604,47 284-4/31130103 - Obrigações Patron. Outros Servid. Educação........R$ 862,21 0702.08421882.072 - Funcionamento Centro Apoio Pedagógico - FUNDEF 291-7/31130102 - Obrigações Patronais Profiss. da Educação ..... R$ 1.899,73 292-5/31130103 - Obrigações Patron. Outros Servid. Educação........R$ 755,06 0702.08421882.074 - Funcionam. Conselho Mun. Educação- FUNDEF 296-8/31130102 - Obrigações Patronais Profiss. da Educação ..... R$ 834,14 0702.08421882.077 - Cursos de Qualificação - FUNDEF 297-6/31320200 - Outros Serviços e Encargos.............................. R$ 5.000,00 0702.08421882.241 - Capacit. Profissionais Magistério - FUNDEF 300-0/31200000 - Material de Consumo ........................................ R$ 5.000,00 0702.08421882.245 - Funcionamento Transp. Escolar Mun.- FUNDEF 644-0/31110103 - Remuneração Outros Servidores Educação .... R$ 832,80 645-9/31110303 - Vale Alimentação Outros Servid. Educação............R$ 552,96 0704 - Pessoal Cedido, Encargos e Aux. Financeiros 0704.08411902.052 - Funcion. Educação Pré-escolar/Pessoal Cedido 327-1/31320200 - Outros Serviços e Encargos.............................. R$ 1.993,60 0704.08411902.054 - Aux. Financ. Entidades Não Governam. Proprios 328-0/32310000 - Subvenções Sociais .......................................... R$ 8.000,00 0704.08411902.054 - Func. Classes Especiais – Pessoal Cedido 332-8/31130105 - Obrigações Patronais Servidores em Geral ...... R$ 2.000,00 333-6/31320200 - Outros Serviços e Encargos..................................R$ 500,00 0706 - Prática de Esportes e Lazer 0706.08462232.080 - Manutenção Depto. Educação Física - Próprios 339-5/31110105 - Remuneração dos Servidores em Geral ........... R$ 2.376,82 340-9/31110305 - Vale Alimentação dos Servidores em Geral............R$ 720,00 341-7/31130105 - Obrigações Patronais Servidores em Geral............R$ 117,31 342-5/31200000 - Material de Consumo...............................................R$ 1.350,30 343-3/31320200 - Outros Serviços e Encargos...................................R$ 5.700,00 6 0707 - Programas de Assistência a Educandos 0707.08472412.085 - Programa de Saúde do Escolar - Rec. Próprios 347-6/31200000 - Material de Consumo ........................................ R$ 2.174,06 0707.08472422.086 - Manutenção Alimentação Escolar - Próprios 351-4/31110200 - Diárias............................................................... R$ 168,30 353-0/31130105 - Obrigações Patronais Servidores em Geral............R$ 2.500,00 354-9/31200000 - Material de Consumo................................................R$ 3.111,40 355-7/31320200 - Outros Serviços e Encargos.............................. R$ 20,00 0708 - Difusão Cultura 0708.08482471.040 - Reequipamento Depto. Cultura - Próprios 356-5/41200000 - Equipamentos e Mat. Permanente .................... R$ 3.000,00 0708.08482472.089 - Funcionamento Depto. Cultura - Próprios 358-1/31110105 - Remuneração dos Servidores em Geral..................R$ 7.000,00 359-0/31110200 - Diárias............................................................... R$ 939,70 360-3/31110305 - Vale Alimentação dos Servidores em geral.............R$ 2.300,00 361-1/31130105 - Obrigações Patronais Servidores em Geral............R$ 1.000,00 362-0/31200000 - Material de Consumo...............................................R$ 4.760,00 363-8/31320200 - Outros Serviços e Encargos....................................R$ 2.018,60 0708.08482472.090 - Funcionamento Conselho de Cultura - Próprios 364-6/31200000 - Material de Consumo...............................................R$ 1.000,00 365-4/31320200 - Outros Serviços e Encargos...................................R$ 500,00 0708.08482472.091 - Proj. Cult. Grupos Artist. Ofic. - Próprios 366-2/31110105 - Remuneração dos Servidores em Geral................R$ 4.800,00 367-0/31110200 - Diárias....................................................................R$ 300,00 368-9/31110305 - Vale Alimentação dos Servidores em geral..........R$ 720,00 369-7/31130105 - Obrigações Patronais Servidores em Geral..........R$ 500,00 371-9/31320200 - Outros Serviços e Encargos..................................R$ 1.270,00 0708.08482472.092 - Func. Centro Cívico Exped. Claudino Pinh. 372-7/31200000 - Material de Consumo.............................................R$ 1.291,00 0708.08482472.093 - Realização Eventos Culturais Escolares 374-3/31200000 - Material de Consumo.............................................R$ 2.000,00 375-1/31320200 - Outros Serviços e Encargos..................................R$ 3.078,00 0708.08482472.098 - Aux. Fin. Colégio Aparecida – Banda Marcial 377-8/32310000 - Subvenções Sociais.............................................R$ 2.000,00 0708.08482472.211 - Aux. Financ. p/ a FUCCAR – Fund,. Cult. Caraz. 378-6/32310000 - Subvenções Sociais.............................................R$ 4.700,00 0709 - Patrimônio Hist. Artist. Arqueológico 7 0709.08482462.088 - Func. Museu Reg. Olivio Otto - Pessoal Ced. 380-8/31110200 - Diárias...................................................................R$ 600,00 382-4/31130105 - Obrigações Patronais Servidores em Geral..........R$ 700,00 0710 - Difusão Cultural 0710.08482472.095 - Func. Bibliot. Publica – Pessoal Ced. - FUNDACC 384-0/31110105 - Remuneração dos Servidores em Geral................R$ 1.500,00 385-9/31110200 - Diárias....................................................................R$ 500,00 386-7/31110305 - Vale Alimentação dos Servidores em geral...........R$ 2.000,00 387-5/31130105 - Obrigações Patronais Servidores em Geral..........R$ 800,00 388-3/31320200 - Outros Serviços e Encargos.................................R$ 1.000,00 0711 - Cozinha Central - SMEC 0711.08070212.115 - Funcionamento da Cozinha da SMEC - Propr. 389-1/31200000 - Material de Consumo ........................................ R$ 959,36 0712 - Previdência Social Inativos e Pensionist. 0712.08824952.114 - Inativos e Pensionistas – Rec. Próprios 393-0/32520000 - Pensionistas...................................................... R$ 2.000,00 TOTAL .............................................................. R$ 414.939,62 Art. 3º - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, 29 DE DEZEMBRO DE 2000. AYLTON MAGALHÃES Prefeito Municipal Registre-se e Publique-se no Painel de Publicações da Prefeitura Municipal: ISOLDE MARIA DIAS Secretária Municipal da Administração SMEC/IMD

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

10 . 01 . 2007

DATA DE APROVAÇÃO

29 . 12 . 2000


Lei Municipal Nº 5464

AYLTON MAGALHÃES, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Faço saber que o Legislativo aprovou e eu sanciono e promulgo a seguinte Lei: Art. 1º - Fica o Município autorizado a doar, para as Escolas Estaduais, mediante instrumento de Doação celebrado entre o Município de Carazinho e o Governo do Estado do Rio Grande do Sul, com a interveniência da Secretaria da Educação, tendo como objeto a transferência de bens móveis adquiridos da contrapartida da Merenda Escolar Municipalizada, referente aos anos de 1997 e 1999. Art. 2º - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, 29 DE DEZEMBRO DE 2000. AYLTON MAGALHÃES Prefeito Municipal Registre-se e Publique-se no Painel de Publicações da Prefeitura Municipal: ISOLDE MARIA DIAS Secretária Municipal da Administração SMEC/IMD

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

10 . 01 . 2007

DATA DE APROVAÇÃO

29 . 12 . 2000


Lei Municipal Nº 5463

AYLTON MAGALHÃES, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Faço saber que o Poder Legislativo aprovou e eu sanciono e promulgo a seguinte Lei: Art. 1º - Fica o Município de Carazinho autorizado a conceder, para fins de uso, nos termos da minuta anexa, a Secretaria de Educação do Estado do Rio Grande do Sul, um imóvel de propriedade do Departamento Nacional de Estrada de Rodagem - DNER, cedido ao Município de Carazinho, através do Protocolo de Intenções firmado em 28 de maio de 1999, uma área de terra urbana, de forma irregular, com área total de 2.576,87m² (dois mil, quinhentos e setenta e seis metros, oitenta e sete decímetros quadrados), parte de uma área com 41.417,76m2, com dois prédios de madeira com 275,00m2 e 31,36m2, situada na rua Cláudio dos Santos lado não definido, no Setor 06, Quadra 205, na Vila Rica, nesta cidade com as seguintes confrontações: ao NORTE: 15,70m com área do DNER; ao SUL: 33,00m com área do DNER; ao LESTE: 108,90m com a rua Cláudio dos Santos; e a OESTE: 104,38m com área do DNER, conforme mapa de localização e memorial descritivo que são partes integrantes desta Lei. Art. 2º - A concessão de que trata o artigo anterior destina-se ao funcionamento da Escola Estadual de 1º Grau Incompleto - Escola Aberta, criada pelo Decreto Estadual nº 34.219, de 11 de março de 1992. Art. 3º - A vigência da concessão prevista no artigo 1º será pelo prazo de 10 (dez) anos, a contar da data da assinatura do Termo de Concessão de Uso. Parágrafo Único - Fica condicionada a restituição do imóvel antes do prazo previsto no caput deste artigo no caso de finalizada a cedência do imóvel pelo DNER ao Município. Art. 4º - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, 29 DE DEZEMBRO DE 2000. AYLTON MAGALHÃES Prefeito Municipal Registre-se e Publique-se no painel de Publicações da Prefeitura Municipal: ISOLDE MARIA DIAS Secretária Municipal da Administração SA/IMD MINUTA TERMO DE CONCESSÃO DE DIREITO REAL DE USO CONCEDENTE: MUNICÍPIO DE CARAZINHO, pessoa jurídica de direito público interno, com sede na Av. Flores da Cunha, 1264, inscrito no CGC/MF n.87.613.535/001-16, neste ato denominado CONCEDENTE representado por seu Prefeito Municipal, AYLTON DE JESUS MARTINS MAGALHÃES. CONCESSIONÁRIA: SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, através da Escola Estadual de 1º Grau Incompleto - Proposta Pedagógica de Escola Aberta, Decreto de Criação nº 34.219, de 11/03/92, D.O. 11/03/92, Portaria Autorizativa de Funcionamento nº 00589, data 22/04/92, D.O. 29/04/92, com sede na rua Cláudio dos Santos, s/n, Vila Rica, Carazinho-RS, neste ato representada por seu Diretor Delmar Soares Cardoso, CPF nº 202.300.600-72, residente e domiciliado nesta cidade, e de ora em diante denominada CONCESSIONÁRIA. As partes acima nomeadas e qualificadas, com base na Lei Municipal nº ............... de ........................., têm entre si, certo e ajustado, a concessão de uso de imóvel, sob as cláusulas e condições a seguir estipuladas: CLÁUSULA PRIMEIRA: O Objeto do presente é a Concessão de Uso de um imóvel de propriedade do Departamento Nacional de Estrada de Rodagem - DNER, cedido ao Município de Carazinho, através do Protocolo de Intenções firmado em 28 de maio de 1999, uma área de terra urbana, de forma irregular, com área total de 2.576,87m² (dois mil, quinhentos e setenta e seis metros, oitenta e sete decímetros quadrados), parte de uma área com 41.417,76m2, com dois prédios de madeira com 275,00m2 e 31,36m2, situada na rua Cláudio dos Santos lado não definido, no Setor 06, Quadra 205, na Vila Rica, nesta cidade com as seguintes confrontações: ao NORTE: 15,70m com área do DNER; ao SUL: 33,00m com área do DNER; ao LESTE: 108,90m com a rua Cláudio dos Santos; e a OESTE: 104,38m com área do DNER, conforme mapa de localização e memorial descritivo que são partes integrantes do presente instrumento. CLÁUSULA SEGUNDA: A Concessão destina-se ao desenvolvimento de atividades pedagógicas da CONCESSIONÁRIA, que são: marcenaria, serralheria, vernicompostagem, faixa de publicidade, entre outras atividades afins. CLÁUSULA TERCEIRA: As atividades previstas na cláusula anterior deverão ser iniciadas no prazo de até cento e vinte (120) dias após a assinatura do presente termo. CLÁUSULA QUARTA: A Concessão de área de imóvel referida na cláusula II, no imóvel descrito e caracterizado na cláusula I, é pelo prazo de 10 (dez) anos, contados da assinatura do presente instrumento. CLÁUSULA QUINTA: Findo o prazo ou rescindido o presente instrumento a CONCESSIONÁRIA restituirá o imóvel ao CONCEDENTE mediante indenização das benfeitorias úteis e necessárias por ela realizadas. PARÁGRAFO ÚNICO: Independentemente de qualquer notificação ou interpelação, o presente contrato será rescindido: I - no caso de extinção da Concessionária; II - por razões de interesse público; III - decorrido o prazo da Concessão; IV - uso do imóvel pela Concessionária diversamente da finalidade a que foi concedido; V - não uso do imóvel pela Concessionária para a finalidade que foi concedido, por período superior a seis meses. VI - Pelo motivo previsto no parágrafo único, do artigo 3º, da Lei Municipal nº........................ CLÁUSULA SÉXTA As despesas, taxas e emolumentos incidentes sobre o presente instrumento, são da conta e responsabilidade da Concessionária. E, por estarem as partes assim justas e contratadas, assinam o presente instrumento em três (03) vias de igual forma e teor e uma só finalidade, na presença das testemunhas infra, tudo após ter sido lido e conferido, estando de acordo com o estipulado. Carazinho, ... de ............... de 2000. MUNICÍPIO DE CARAZINHO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO/RS Escola de 1º Grau Inc.- Escola Aberta Testemunhas: __________________________________ __________________________________ SA/IMD

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

10 . 01 . 2007

DATA DE APROVAÇÃO

29 . 12 . 2000


Lei Municipal Nº 5462

AYLTON MAGALHÃES, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Faço saber que o Poder Legislativo aprovou e eu sanciono e promulgo a seguinte Lei: Art. 1º - Fica o Município autorizado a transferir, mediante escritura pública de doação, à empresa Landrin - Indústria e Comércio de Inseticidas Ltda., uma área de terras urbana, sem benfeitorias, com área de 3.851,64m² (três mil, oitocentos e cinquenta e um metros, sessenta e quatro decímetros quadrados), situada nesta cidade, no Distrito Industrial Carlos Augusto Fritz, na rua Empresário Agenello Senger esquina com a rua Alfredo Oscar Kochenborger, no Setor 13, Quadra 04, Lote 03, confrontando: a NORDESTE: 70,00m com a rua Alfredo Oscar Kochenborger; a SUDOESTE: 78,14m com área da empresa Landrin - Indústria e comércio de Inseticidas Ltda., Lote 05; a SUDESTE: 52,63m com área da empresa Kixiki Móveis Indústria e Comércio Ltda., Lote 08 e a NOROESTE: 52,00m com a rua Empresário Agenello Senger, conforme laudo de avaliação, memorial descritivo, mapa de localização e matrícula nº 15.419 do Registro de Imóveis de Carazinho, que são partes integrantes desta Lei. Parágrafo Único - A doação prevista será efetuada com cláusula específica na escritura de doação, constando de que o bem fica gravado com cláusula de “inalienabilidade e impenhorabilidade do imóvel a terceiros”, durante os primeiros 8 (oito) anos a contar da data da efetiva doação. Art. 2º - O imóvel doado é destinado à ampliação das instalações da empresa. Art. 3º - A doação será gravada com ônus de reversão ao Município, caso a empresa não inicie suas atividades no prazo de 06 (seis) meses, a partir da data da efetiva transferência da posse do imóvel à donatária. § 1º - Ocorrendo extinção, dissolução ou encerramento das atividades da empresa donatária, ou mesmo uso diverso ao estabelecido no artigo 2º deste Diploma Legal, este imóvel deverá ser revertido ao patrimônio do Município, após indenização das benfeitorias úteis e necessárias construídas pela donatária. § 2º - Será permitido à empresa donatária efetuar modificações no projeto de construção original, a seu critério e de acordo com as suas necessidades. § 3º - A empresa donatária fica dispensada do cumprimento dos parágrafos 1º, 2º e 3º, do artigo 19, da Lei Municipal nº 3.606/87, que institui o Plano Diretor do Distrito Industrial Carlos Augusto Fritz. Art. 4º - O Executivo Municipal fará constar na respectiva escritura pública de doação, os prazos constantes no artigo 3º da presente Lei. Art. 5º - Em contrapartida à doação prevista no artigo 1º desta Lei, a empresa donatária compromete-se com a geração de novos empregos, aumentando seu volume de negócios e, assim, um acréscimo na geração de impostos. Art. 6º - Serão de responsabilidade da Donatária as despesas decorrentes da Escritura, dos Impostos de Transmissão de Bens Imóveis e Registro em Cartório. Art. 7º - Esta lei entra em vigor na data de sua publicação. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, 29 DE DEZEMBRO DE 2000 AYLTON MAGALHÃES Prefeito Municipal Registre-se e Publique-se no Painel de Publicações da Prefeitura Municipal: ISOLDE MARIA DIAS Secretária Municipal da Administração IMD

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

10 . 01 . 2007

DATA DE APROVAÇÃO

29 . 12 . 2000


Lei Municipal Nº 4744

IRON LOURO BALDO ALBUQUERQUE, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. FAÇO SABER que o Legislativo aprovou e eu sanciono e promulgo a seguinte Lei: Art. 1º - É concedido o Titulo Honorifico Comenda O BOMBEADOR ao Sr. SANTO MUNEROLLI, pelos relevantes serviços prestados ao Município. Art. 2º - A entrega dessa outorga será em Reuniπo Solene a ser realizada na Semana do Município de 1995. Art. 3º - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicaçπo. Art. 4º - Revogam-se as disposições em contrario. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, 30 DE DEZEMBRO DE 1994. a)IRON LOURO BALDO ALBUQUERQUE Prefeito Municipal a)ROBERTO ALBINO SEHN Sec.Mun.Administraçπo

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

10 . 01 . 2007

DATA DE APROVAÇÃO

30 . 12 . 1994


Lei Municipal Nº 4743

IRON LOURO BALDO ALBUQUERQUE, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. FAÇO SABER que o Legislativo aprovou e eu sanciono e promulgo a seguinte Lei: Art. 1º - É concedido o Titulo de Cidadπo Honorário de Carazinho, ao Sr. JOΘO D'AVILA, pelos relevantes serviços prestados ao Município. Art. 2º - A entrega dessa outorga será em Reuniπo Solene a ser realizada na Semana do Município de 1995. Art. 3º - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicaçπo. Art. 4º - Revogam-se as disposições em contrario. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, 30 DE DEZEMBRO DE 1994. a)IRON LOURO BALDO ALBUQUERQUE Prefeito Municipal a)ROBERTO ALBINO SEHN Sec.Mun.Administraçπo

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

10 . 01 . 2007

DATA DE APROVAÇÃO

30 . 12 . 1994


Lei Municipal Nº 4742

IRON LOURO BALDO ALBUQUERQUE, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. FAÇO SABER que o Legislativo aprovou e eu sanciono e promulgo a seguinte Lei: Art. 1º - A denominaçπo do Programa de Atençπo Integral à Criança e ao Adolescente do Município de Carazinho, de que trata a Lei Municipal nº 4.706, de 17 de novembro de 1994, passa a ser PROGRAMA NACIONAL DE ATENÇ├O INTEGRAL └ CRIANÇA E AO ADOLESCENTE - PRONAICA. Art. 2º - Nos Artigos 1º, 2º e 3º da referida Lei a expressπo' - "Programa Municipal de Atençπo Integral à Criança e ao Adolescente - PRONAIC". é substituída pela expressπo "Programa Nacional de Atençπo Integral à Criança e ao Adolescente - PRONAICA". Art. 3º - Revogadas as disposições em contrario, esta Lei entra em vigor na data de sua publicaçπo. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, 30 DE DEZEMBRO DE 1994. a)IRON LOURO BALDO ALBUQUERQUE Prefeito Municipal a)ROBERTO ALBINO SEHN Sec.Mun.Administraçπo

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

10 . 01 . 2007

DATA DE APROVAÇÃO

30 . 12 . 1994


Lei Municipal Nº 4741

IRON LOURO BALDO ALBUQUERQUE, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. FAÇO SABER que o Legislativo aprovou e eu sanciono e promulgo- a seguinte Lei: Art. 1º - Fica o Poder Executivo autorizado a instituir o 8VALE ALIMENTAÇ├O, a ser concedido a todo servidor ativo do Município, independente do Regime Jurídico pelo qual foi admitido. Art. 2º - O VALE ALIMENTAÇ├O terá o valor unitário fixado em R$ 1,50 (um real e cinqüenta centavos) e será reajustado, por Decreto do Prefeito, sempre que houver reajustes dos servidores, no mesmo percentual deste. Art. 3º - O VALE ALIMENTAÇ├O terá caráter pessoal e será concedido individualmente a cada servidor sempre ate o dia 25 (vinte e cinco) de cada mês. Paragrafo único - Para efeito de concessπo do VALE ALIMENTAÇ├O, nπo serπo considerados contratos adicionais e/ou Fgs concedidos a servidor. Art. 4º - O numero de VALES ALIMENTAÇ├O a ser concedido a 8cada mês, limita-se ao numero de dias efetivamente trabalhados pelo servidor, descontados domingos e feriados. Art. 5º - Fica o Poder Executivo autorizado a abrir Credito Especial no Orçamento do exercício de 1995, destinados a atender as despesas criadas por esta Lei, mediante reduçπo de saldos das seguintes rubricas: 118080/311100.140 - Pessoal Civil, do Depto. de Ensino Fundamentatal/SMECDT, no valor de R$ 164.000,00; 201290/311100.256 - Pessoal Civil do Depto.de Estradas de Rodagem/ SMOSUV, no valor de R$ 100.000,00; 46340/311300.080 - Obrigações Patronais, do Gabinete do Secretario/Secr.Fazenda, no valor de R$ 36.000,00; 212290/411000.270 - Obras e Instalações (Pavimentaçπo de Vias Publicas), da Unidade Vias Urbanas/SMOSUV, no valor de R$ 100.000,00. Devendo a abertura deste Credito Especial ser classificada da seguinte forma: R$ 164.000,00 no Depto.de Ensino Fundamental/SMECDT, pelas despesas relativas aos professores e demais servidores que atuam na Educaçπo e o saldo de R$ 236.000,00 no Gabinete do Secretario/Secr.Administraçπo, para as despesas relativas aos demais servidores do Município. Art. 6º - O Poder Executivo regulamentara a sistemática de fornecimento do VALE ALIMENTAÇ├O. Art. 7º - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicaçπo. Art. 8º - Revogam-se as disposições em contrario. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, 30 DE DEZEMBRO DE 1994. a)IRON LOURO BALDO ALBUQUERQUE Prefeito Municipal a)ROBERTO ALBINO SEHN Sec.Mun.Administraçπo

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

10 . 01 . 2007

DATA DE APROVAÇÃO

30 . 12 . 1994


Lei Municipal Nº 4740

IRON LOURO BALDO ALBUQUERQUE, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. FAÇO SABER que o Legislativo aprovou e eu sanciono e promulgo a seguinte Lei: Art. 1º - O paragrafo 2º do artigo 125 da Lei Complementar nº 02/84, criado pelo artigo 4º da Lei Municipal nº 4.522/93 tomara a seguinte redaçπo: "Art. 125 - .......... § 2º - Nos tributos em que o Município efetuar a préemissπo das guias de recolhimento, os valores serπo lançados em moeda corrente nacional na data-base da calculo e convertidos em VPM (Valor Padrπo Municipal)." Art. 2º - O artigo 163 da Lei Complementar nº 02/84, alterado pela Lei Municipal nº 4.522/93 passa a ter a seguinte redaçπo: "Art. 163 - Para fins tributários o Município utilizara como índice referencial a VPM (Valor Padrπo Municipal), que mensalmente será corrigido de acordo com a legislaçπo federal. § 1º - Os índices atuais constantes das tabelas de calculo das taxas de licença para localizaçπo e funcionamento e de vistoria e de ISSQN valor fixo, deverπo ser divididos por 10(dez) e convertidos em VPM(Valar Padrπo Municipal. § 2º - Os demais tributos, inclusive Contribuiçπo de Melhoria, atualmente expressos em UFIR deverπo ser convertidos para VPM (Valor Padrπo Municipal)." Art. 3º - Revogadas as disposições em contrario esta Lei entrara vigor na data da sua publicaçπo e seus efeitos a contar de primeiro de janeiro de 1995. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, 30 DE DEZEMBRO DE 1994. a)IRON LOURO BALDO ALBUQUERQUE Prefeito Municipal a)ROBERTO ALBINO SEHN Sec.Mun.Administraçπo

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

10 . 01 . 2007

DATA DE APROVAÇÃO

30 . 12 . 1994


Lei Municipal Nº 4739

IRON LOURO BALDO ALBUQUERQUE,PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. FAÇO SABER que o Legislativo aprovou e eu sanciono e promulgo a seguinte Lei: Art. 1º - A Contribuiçπo de Melhoria é devida pelo proprietário ou detentor do domínio útil ou o possuidor a qualquer título de imóvel beneficiado por obras públicas e executadas pela Prefeitura Municipal, e terá como limite total a despesa realizada. Art. 2º - Para efeito de incidência da contribuiçπo de melhoria, considera-se obra publica a obra de alargamento, arborizaçπo, esgotos pluviais, pavimentaçπo e outros melhoramentos de vias públicas. DA BASE DE CALCULO Art. 3º - A contribuiçπo de melhoria terá limitado seu valor ao custo total ou parcial da obra publica, mediante rateio entre os imóveis beneficiados, proporcionalmente à testada dos mesmos. Art. 4º - Correrπo por conta da Prefeitura as quotas relativas a bem imóvel beneficiado pela obra, quando pertencerem a pessoas nπo incidentes na contribuiçπo de melhoria. Art. 5º - No custo da obra serπo computadas as despesas globais com estudos, projetos, fiscalizaçπo, desapropriaçπo, administraçπo, execuçπo, financiamento e demais investimentos a ela imprescindíveis. Parágrafo ┌nico - O custo da obra terá sua expressπo monetária atualizada à época do lançamento, mediante a aplicaçπo do coeficiente de reajustes ditados pelo Governo Federal, quando nπo houver ajuste contratual com preço fixo. Art. 6º - Para cobrança da contribuiçπo de melhoria, a autoridade administrativa afixará no local de costume, Edital contendo, entre outros, os seguintes elementos: I - Memorial descritivo do projeto; II - Orçamento total ou parcial do custo da obra; III - Deliberaçπo da área a ser beneficiada pela obra publica; IV - Determinaçπo da parcela de custo da obra a ser financiada pela contribuiçπo de melhoria e a forma de sua gradual distribuiçπo entre os contribuintes. Parágrafo ┌nico - Do Edital, será enviado cópia aos proprietários dos imóveis beneficiados, que terπo o prazo de 30 (trinta) dias para eventual impugnaçπo do orçamento. Art. 7º - A impugnaçπo ou reclamaçπo nπo suspende o inicio ou o prosseguimento da obra. DO PAGAMENTO Art. 8º - O pagamento poderá ser efetuado parcelamento, em até 24 meses, e deverá ser requerido até 30 dias da notificaçπo de conclusπo da obra, quando entπo vencerá a 1ª parcela. A prestaçπo será corrigida mensalmente, tomando-se por base os índices oficiais determinados pelo Governo Federal. Paragrafo ┌nico - O valor da parcela nπo poderá ser inferior a 1 (um) VPM (Valor Padrπo Municipal). Art. 9º - O pagamento à vista da contribuiçπo de melhoria, 1 ensejará um desconto de 25% (vinte e cinco por cento) do valor do lançamento, até 30 (trinta) dias da notificaçπo de conclusπo da obra. DAS ISENÇ╒ES Art. 10 - Fica isento do pagamento da Contribuiçπo de melhoria o proprietário de único imóvel no Município de Carazinho e que nele resida, devendo comprovar renda mensal familiar inferior a 3 (três) salários mínimos. Art. 11 - Sπo igualmente isentas do pagamento de contribuiçπo de melhoria as entidades beneficentes, educacionais, assistenciais, esportivas, religiosas e sindicais, legalmente registradas, que nπo distribuam lucro e nπo remunerem sua Diretoria com sede no Município. Art. 12 -Os proprietários de imóveis beneficiados com obras publicas e que já tenham seu débito tributário lançado, deverπo habilitar-se junto à Secretaria Municipal da Fazenda para haver a isençπo de que trata esta Lei. Parágrafo ┌nico - Comprovado o direito à isençπo, o debito tributário será cancelado definitivamente. Art. 13 - Compete ao Setor de Cadastro Imobiliário da Secretaria Municipal da Fazenda, o fornecimento de requerimento próprio para habilitar-se a isençπo, quando o proprietário deverá comprovar, mediante a apresentaçπo da CIPS, Carnê da Previdência, atestado do empregador ou outro documento idôneo, sua renda mensal familiar. DISPOSIÇ╒ES GERAIS Art. 14 - Considera-se para efeitos desta Lei, como renda familiar: I - A renda do casal proprietário do imóvel; Parágrafo único - O pedido de isençπo deverá ser requerido pelo proprietário do imóvel, ou através de instrumento particular de procuraçπo. Art. 15 - Nas áreas em condomínio, todos os condôminos devem apresentar o comprovante de renda familiar. Parágrafo único - Considera-se para estes efeitos a renda de cada condômino, pois os que percebem mais de 03 (três) salários mínimos pagarπo a contribuiçπo de melhoria proporcional a sua parte no condomínio. Art. 16 - Ficam revogadas as Leis Municipais 3.828/89 e 3.967/89, e demais disposições em contrário. Art. 17 - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicaçπo. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, 30 DE DEZEMBRO DE 1994. a)IRON LOURO BALDO ALBUQUERQUE Prefeito Municipal a)ROBERTO ALBINO SEHN Sec.Mun.Administraçπo

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

10 . 01 . 2007

DATA DE APROVAÇÃO

30 . 12 . 1994


Lei Municipal Nº 4738

IRON LOURO BALDO ALBUQUERQUE,Prefeito Municipal de Carazinho, Estado do Rio Grande do Sul, FAÇO SABER que a Poder Legislativo aprovou e eu sanciono a seguinte lei: Art. 1º - Com base no artigo 5º, da Lei Complementar nº O2/84 ficam estabelecidas as seguintes Zonas Fiscais nas áreas urbanas para fins de lançamento e cobranças do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana: ZONA ESPECIAL a. Avenida Flores da Cunha, trecho compreendido entre a Avenida Antonio José Barlette e a rua Santos Dumont.(cod.01) b. Trechos da Avenida Flores da Cunha compreendidos entre a Avenida Antonio José Barlette e o trevo da BR-386 e entre a rua Santos Dumont e o trevo da BR.285.(cod.02) 1ª Zona a. Primeira quadra das ruas pavimentadas perpendiculares à Av.Flores da Cunha, de ambos os lados, entre as ruas Antonio Vargas e Rio Branco(lado impar) e ruas Antonio Vargas e Humberto de Campos(lado par), mais o trecho da Avenida Pátria compreendido da rua Alferes Rodrigo ate a rua Barπo da Triunfo.(cod.1.1) b. Trecho da rua: Antonio Vargas, partindo da Avenida Flores da Cunha ate a rua Vinte e Um de Abril; da Av.Antonio José Barlete, partindo da Av.Maua ate a rua Vinte e Um de Abril; da rua Vinte e Um de Abril, partindo da Av.Antonio José Barlete ate a rua Marcilio Dias; extensπo das ruas Vinte e Quatro de Janeiro, Venancio Aires, Ernesto Alves, Rodrigues Alves e General Neto. Primeira quadra da Av. Sπo Bento, segunda quadra da Rua Gonçalves Ledo e Rua Pedro Vargas (para ambos os lados da Avenida), segundas e terceiras quadras da Rua Alexandre da Motta (para ambos os lados da Avenida), segundas quadras das Ruas Barπo de Antonina, Primeiro de Maio, Expedicíonaria Claudino Pinheiro, Bento Gonçalves, Carlos Barbosa, Presidente Vargas, e terceira quadra das ruas Barros Cassal. Rua Quinze de Novembro, trecho compreendido entre as ruas Itararé e Marechal Floriano; e Rua Vinte de Setembro, trecho compreendido entre as ruas Itararé e Silva Jardim. E trecho da Rua Itararé entre as ruas Alexandre da Motta e Vinte de Setembro; extensπo da Av. Maua da Rua Bernardo Paz ate o Largo Três de Outubro. (cod.1.2) 16,62 c. As seguintes ruas: Padre Luiz Guanella, Santiago Matiotti, primeira quadra da Rua Dom Joπo Becker, primeira e segunda quadras da Rua Bispo Laranjeira, Rua Cristovπo Colombo, trecho compreendido entre as ruas Bispo Laranjeiras e Dom Joπo Becker. Trecho da Rua Vinte e Um de Abril, entre a Av. Antonio José Barlete e rua Machado de Assis. Trecho da Av. Antonio José Barlete entre as ruas Vinte e Um de Abril e Uruguai. Trecho das ruas Silveira Martins e Castro Alves, entre as ruas Vinte e Um de Abril e Santa Terezinha. Trecho da Rua Marcilio Dias entre as ruas Vinte e Quatro de Janeiro e Santa Terezinha. Extensπo das ruas Treze de Maio, Felix da Cunha, Boaventura Subtil de Oliveira, Quatorze de Julho, Marques do Pombal, Cipriano Ribeiro da Luz, Joπo Pessoa, General Câmara,Três de Outubro, Gratulino dos Santos, Silva Xavier, Vidal de Negreiros, Luiza Formigueri da Silva, Travessa Aloisio Linck, Eurico Araújo, Cassemiro de Abreu. Trecho da Rua Santa Catarina entre a rua Treze de Maio e Av. Antonio José Barlete, trecho da rua Dom Pedro II e Rua Santa Terezinha, compreendido entre a Rua Silveira Martins e Rua Marcilio Dias, e Rua Silveira Martins, trecho compreendido entre as ruas Santa Terezinha e Vinte e Um de Abril. Trecho da rua Buenos Aires entre a Rua Silveira Martins e Av. Antonio José Barlete. Trecho da Rua Marcilio Dias entre as ruas Vinte e Quatro de Janeiro e Santa Terezinha. Trecho da Rua Pedro Vargas entre Av. Pátria e Rua General Portinho. Trecho da Rua Alexandre da Motta entre Av. Pátria e rua Barπo do Triunfo. Trecho da rua Barπo de Antonina entre as ruas Ernesto Alves e Barπo do Triunfo. Trecho da rua Barπo do Triunfo entre a Av. Pátria e rua Alexandre da Motta. Trecho da Av. Pátria entre a rua Barπo do Triunfo ate a rua Manoel Francisco Nodari. Terceira quadra da rua Primeiro de Maio. Trecho da rua Bento Gonçalves entre as ruas Ernesto Alves e Joπo Pessoa. Trecho da Rua Carlos Barbosa entre a rua Ernesto Alves e Travessa Liberal. Trecho da rua Barros Cassal entre as ruas Ernesto Alves e Joπo Pessoa. Trecho da rua Presidente Vargas entre a rua Ernesto Alves e Travessa Liberal. Trecho da Rua Polidor Albuquerque entre as ruas Rodrigues Alves e Paissandu. Trecho da Rua Gonçalves Ledo entre as ruas Silva Xavier e Paissandu. Trecho da rua General Sampaio entre as ruas General Netto e Paissandu. Trecho da Av. Sπo Bento entre as ruas Fernandes Vieira e Paissandu. Trecho da Rua Rio Branco entre a Travessa General Osório ate a rua Benjamin Constant. Trecho da rua Santos Dumont entre a Av. Flores da Cunha e rua Benjamin Constant. Trecho da rua Anchieta entre a Av. Flores da Cunha e rua Iracema. Trecho das ruas Coimbra e Bandeirantes entre Av. Flores da Cunha e rua Piratini. Extensπo das ruas Princesa Isabel, Albino Gerhardt, Bueno de Quadros, Travessa Edson Mazda, Travessa Itararé, Travessa Jacques Loss, ruas Dezenove de Novembro, Marechal Deodoro, Helena Loeff e Eduardo Graeff. Trecho da Rua Marechal Floriano entre as ruas Paulo Coutinho e Vinte de Setembro. Trecho da Rua Silva Jardim entre as ruas Vidal Peçanha e a Vinte de Setembro. Trecho da Rua Itararé compreendido entre a rua Vinte de Setembro e a Av. Flores da Cunha. Trecho da rua Paulo Coutinho, compreendido entre as ruas Itararé e Coroados. Trecho da rua Vinte de Setembro entre as Ruas Silva Jardim e Marechal Deodoro. Trecho da rua Quinze de Novembro entre as ruas Marechal Floriano e Saldanha Marinho. Trecho da rua Alexandre da Motta entre a rua Marechal Floriano e o Grêmio Aquático Carazinhense. Trecho da rua Bernardo Paz entre as ruas Marechal Floriano e Marechal Deodoro. Trecho da rua Pedro Vargas entre as ruas Marechal Floriano e David Canabarro. Trecho da rua Silva Jardim entre as ruas Bernardo Paz e Antonio Vargas. Trecho da rua Marechal Floriano compreendido entre as ruas Bernardo Paz e Antonio Vargas. Trecho da Av.Antonio José Barlete compreendido entre as ruas Silva Jardim e Vila Lobos. Trecho das ruas Vila Lobos e Monteiro Lobato, compreendido entre a rua Antonio Vargas e Av.Antonio José Barlete. Trecho das ruas Eça de Queiros e Anita Garibaldi, compreendido entre as ruas Saldanha Marinho e Fioravante Piva. Trecho das ruas Felipe Camarπo e Almirante Tamandaré compreendido entre as ruas Bernardo Paz e Victor Hugo. Extensπo das ruas Rodrigo Martinez, Hilário Ribeiro, Travessa Ivar Reckmann. Trecho da rua Lobo da Costa entre Venceslau Bras e Santos Dumont; Trecho da Av.Flores da Cunha, entre Av.Pres.Tancredo Neves(BR 386)e rua Selbach; Trecho das ruas Guaranis e José de Alencar, compreendido entre Hilário Ribeiro e Av.Flores da Cunha. Trecho das Ruas Venceslau e Graça Aranha, compreendido entre as ruas Luiz de Camões e Lobo da Costa. Trecho da rua Afonso Pena entre a rua Otávio Rocha e Av.Flores da Cunha. Trecho da rua Arthur Rernardes entre Luiz de Camões e Dinarte da Costa. Trecho da rua Dinarte da Costa, entre a rua Luiz de Camões e Av.Flores da Cunha. Trecho da rua Humberto de Campos entre as ruas Itararé e Coroados. Trecho da Rua Coroados entre as ruas Humberto de Campos e Paulo Coutinho. Trecho da Av.Maua entre a Av.Antonio Vargas e Travessa Oriental. Trecho da rua Farrapos compreendido entre as ruas Itararé e Mal.Floriano..... (cod.1.3) d. Demais ruas pavimentadas compreendendo Bairros e núcleos habitacionais nπo citados nos itens anteriores.(cod.1.4) 2ª Zona a. Todas as ruas sem pavimentaçπo dotadas de rede de luz e abastecimento de água encanada,(cod.1.5) b. Todas as ruas nπo pavimentadas, sem instalaçπo hidráulica e dotadas de rede de energia elétrica (cod.2.1) 3ª Zona a. Todas as ruas nπo pavimentadas, sem rede de energia elétrica e hidráulica e todas as sedes dos Distritos, (cod.3.1) b. Todos os imóveis situados em áreas de periferia urbana, com exploraçπo agropastoril, nπo dotadas de arruamentos e rede hidráulica e elétrica (cod.4.1) Art. 2º -Revogadas as disposições em contrario, esta Lei entrara em vigor na data de sua publicaçπo,e seus efeitos a partir de 1º de janeiro de 1905 GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, EM 30 DE DEZEMBRO DE 1994. a)IRON LOURO BALDO ALBUQUERQUE Prefeito Municipal a)ROBERTO ALBINO SEHN Sec.Mun.Administraçπo

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

10 . 01 . 2007

DATA DE APROVAÇÃO

30 . 12 . 1994


Lei Municipal Nº 4737

IRON LOURO BALDO ALBUQUERQUE, PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. FAÇO SABER que o Legislativo aprovou e eu sanciono e promulgo a seguinte Lei: Art. 1º - Fica criado no Quadro de Funções Gratificadas, o seguinte cargo: Na SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS, SERVIÇOS URBANOS E VIAÇ├O: Nº DE CARGOS: Denominaçπo: Padrπo: 01 Fiscal de Trânsito FG-3 Art. 2º - Revogam-se as disposições em contrario. Art. 3º - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicaçπo. GABINETE DO PREFEITO MUNICIPAL DE CARAZINHO, 27 DE DEZEMBRO DE 1994. a)IRON LOURO BALDO ALBUQUERQUE Prefeito Municipal a)ROBERTO ALBINO SEHN Sec.Mun.Administraçπo

ANEXOS
DATA DE PUBLICAÇÃO

10 . 01 . 2007

DATA DE APROVAÇÃO

27 . 12 . 1994


MAIS LEIS

Notícias

22.08.2017 - 14:23
Vereador protocola projeto que proíbe o consumo de bebidas alcoólicas em locais públicos no município de Carazinho

 Foi protocolado, pelo vereador Erlei Vieira, o projeto que proíbe o consumo de bebidas alcoólicas em locais públicos do município de Carazinho e dá outras providencias.

21.08.2017 - 21:37
Projetos que visam dar agilidade no setor de Planejamento são aprovados pela Câmara de Vereadores

Durante a sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Carazinho desta segunda-feira (21) foi disponibilizado o espaço da tribuna para que o presidente do Sindicato dos Trabalhadores

21.08.2017 - 21:03
Moradores da Rua Pernambuco não perderão suas residências

Foi anunciado aos moradores da Rua Pernambuco, minutos antes de iniciar a sessão ordinária de segunda-feira (21), de que o Juvenato não dará continuidade na ação

21.08.2017 - 11:01
Vereadora fiscaliza demandas atendidas pelo Executivo

Na manhã desta segunda-feira  (21) a assessoria da vereadora Janete Ross de Oliveira esteve verificando algumas melhorias realizadas pela prefeitura  e que são oriundas de protocolos